Editorial

Em busca de calor humano

publicado em 17 de maio de 2022 - Por BJD

O sucesso de público da 55ª Expoagro e 28ª Festa do Peão de Boiadeiro de Bragança Paulista, realizadas entre 6 a 15 de maio, superando a expectativa da organização do evento, deixou clara a necessidade de convívio social, após dois anos de isolamento.

“Cuidado, a pandemia de Covid-19 não acabou”, chamam a atenção quase que diariamente os órgãos internacionais de saúde. Mesmo assim, as populações tanto do município de Bragança Paulista quanto de cidades vizinhas lotaram o Posto de Monta.

Foram dois anos de isolamento, período em que estavam permitidos apenas os eventos remotos. Sem aproximação, nem toque, muito menos abraço ou aperto de mãos.

Diferentemente do que ocorria em todas as edições anteriores, dessa vez, ninguém criticou a qualidade das atrações ou o valor dos prêmios do rodeio. Não houve reclamações quanto aos preços dos ingressos do evento organizado, após o anúncio do fim de estado de Emergência de Saúde.

Assim, com ajuda do tempo bom, apesar dos alertas das organizações de saúde mundiais, o público que compareceu em massa confirmou, nesses tempos ainda de pandemia, que o maior medo hoje é o da solidão e a carência mais urgente é a de calor humano.

Conversas no Facebook


Secured By miniOrange