Cotidiano

Fundo Social inicia a Campanha do Agasalho 2021 

publicado em 7 de maio de 2021 - Por BJD

O Fundo Social de Solidariedade do Município (FSSM), anunciou na quarta-feira, 5, o início da Campanha do Agasalho 2021 com o lema “Sua doação aquece uma vida”.

Em conjunto à campanha, pelo terceiro ano consecutivo também foi lançado o projeto “Quadradinhos do Bem Querer”.

A Campanha tem como objetivo arrecadar calças, camisetas, camisas, calçados, lençóis, travesseiros, colchas, toalhas de banho e rosto, toalha de mesa e demais acessórios, em especial cobertores e agasalhos, que estejam em bom estado, para serem doados a famílias necessitadas.

Toda doação passa por uma equipe de servidores municipais e voluntários para separação por tamanho e gênero, e distribuídas à população em situação de vulnerabilidade do município através dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), do Fundo Social de Solidariedade e de projetos sociais.

Em Bragança Paulista, as Campanhas do Agasalho têm batido as metas estabelecidas, com a excelente participação da comunidade bragantina. No ano passado foram arrecadados 75.640 peças e 3.554 cobertores, num total de 79.224 itens.

As doações poderão ser entregues no Ginásio de Esportes Lourenço Quilici (Lourenção), na Avenida Doutor José Adriano Marrey Júnior, 754, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h; nas tendas que funcionam de quarta a sábado, das 10h às 16h que são colocadas em diversos pontos da cidade; nas unidades básicas de saúde; nas centenas de caixas espalhadas com a logomarca da Campanha em diversos pontos comerciais e industriais da cidade; ou na sede do Fundo Social de Solidariedade, localizado na Rua Dr. Freitas, 835, Matadouro. O telefone de contato é (11) 4035-0010 e o horário de funcionamento é das 8h às 17h.

 QUADRADINHOS DO BEM QUERER

O objetivo do projeto “Quadradinhos do Bem Querer” é arrecadar quadrinhos de lã (crochê e tricô) e de retalhos de tamanho 20x20cm, para montar mantas, gorros e cachecóis para as pessoas necessitadas, asilos, a Residência Inclusiva, Lar da Benção, Sama, demais entidades filantrópicas que trabalham com crianças e adultos, e pessoas que estão acamadas em suas residências.

Conversas no Facebook