Coronavírus

Secretaria de Saúde informa oito óbitos por Covid-19 em quatro dias

publicado em 13 de abril de 2021 - Por BJD

De sábado, 10, a terça-feira, 13, Bragança Paulista confirmou oito óbitos por Covid-19. São eles: quatro pacientes do sexo feminino, com idades entre 65 e 86 anos; e quatro pacientes do sexo masculino, com idades entre 60 e 83 anos.

Houve ainda a confirmação de quatro óbitos que aguardavam exame, e o registro três óbitos suspeitos. Assim, a cidade soma 310 óbitos por Covid-19 desde o início da pandemia.

Todos os leitos disponíveis para tratamento da doença estão ocupados. Ao todo são 96, sendo 47 de UTI e 50 de Enfermaria. Além disso, até o boletim desta terça-feira, 31 pacientes SUS estavam internados fora da Região Bragantina e um aguardava vaga para UTI.

No mesmo período, de sábado a terça-feira, foram registrados 868 novos casos suspeitos da doença. Dos que aguardavam exames, 438 foram confirmados, 574 descartados e 338 ainda continuam em análise. Dessa maneira, a cidade soma, desde o início da pandemia, 29.190 casos notificados ao Ministério da Saúde, com 14.325 testes negativos e 14.527 positivos.

MAIS DE 10 MIL PESSOAS RECUPERADAS

Bragança Paulista registrou a marca de 10.020 pessoas curadas da Covid-19, na última segunda-feira, 12. O número corresponde a 69% dos casos confirmados da doença no município, mais que o dobro de casos ativos da doença, que hoje são 4.135 pessoas em acompanhamento médico, isolamento domiciliar e/ou internados. O número de óbitos desde o início da pandemia é de 310, que corresponde a 2,01% dos casos confirmados.

Apesar da grande quantidade de pessoas curadas, o município ainda está na fase vermelha do Plano São Paulo e implantando leitos para suprir a demanda. O governo do Estado vai custear as despesas da manutenção dos 20 leitos de enfermaria implantados na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Vila Davi. O repasse do recurso financeiro à Prefeitura será de R$ 861,9 mil para cobrir 90 dias.

O município trabalha para a implantação de mais leitos de UTI e enfermaria, numa parceria com a Universidade São Francisco (USF), que disponibilizou no final do mês passado o espaço acadêmico Centro de Simulação Realística para a implantação dos leitos. A Secretaria de Estado da Saúde deverá assumir os custos com a manutenção dos leitos de enfermaria e UTI Covid.

Atualmente o município conta com 46 leitos de UTI Covid, sendo 16 no Hospital Universitário São Francisco (HUSF), 23 no Complexo Hospitalar Santa Casa de Bragança Paulista e 7 na Santa Casa de Socorro; e 30 leitos enfermaria para a Região Bragantina, e 20 leitos de enfermaria na UPA da Vila Davi, para pacientes bragantinos.

VACINAÇÃO E TESTES

O número de pessoas que receberam a 1ª dose da vacina contra a Covid-19 em Bragança Paulista é de 21.523; destas 8.477 já receberam também a 2ª dose. Na segunda-feira, 12, teve início a vacinação dos professores e também dos idosos de 67 anos.

Conversas no Facebook