Coronavírus

Estado entra em fase de transição para abertura gradual do comércio

publicado em 17 de abril de 2021 - Por BJD
Comércio se prepara para retomar atendimento presencial (Bragança Jornal)

O vice-governador Rodrigo Garcia anunciou nesta sexta-feira, 16, a atualização do Plano São Paulo, com início da fase de transição para todo Estado até o dia 2 de maio. A nova fase inicia neste domingo, 18, e está dividida em dois períodos.

Na primeira semana, de 18 a 23 de abril, a flexibilização acontecerá para o setor do comércio, incluindo lojas de shopping, com funcionamento permitido das 11h às 19h. Nesse período, também será permitida a realização de cerimônias e cultos religiosos com restrições, desde que seguidos rigorosamente todos os protocolos de higiene e distanciamento social.

No período de 24 a 30 de abril, além dos estabelecimentos comerciais, poderão voltar a funcionar as atividades ligadas ao setor de serviços como restaurantes e similares (lanchonetes, casas de sucos, bares com função de restaurante), salões de beleza e barbearias, atividades culturais, parques, clubes e academias.

O horário de funcionamento será das 11h às 19h, com exceção das academias, que poderão abrir das 7h às 11h e das 15h às 19h.

A fim de evitar aglomerações, a capacidade de ocupação permitida nos estabelecimentos na fase de transição será de 25%. O toque de recolher continua em vigência em todo o Estado, das 20h às 5h, assim como a orientação para o teletrabalho para as atividades administrativas não essenciais e escalonamento de horário na entrada e saída das atividades do comércio, serviços e indústrias. A próxima atualização do Plano SP acontecerá a partir do dia 1º de maio.

Segundo o secretário de Saúde do Estado, Jean Gorinchteyn, a fase vermelha do Plano São Paulo (fase 1) foi essencial para queda na taxa de ocupação dos leitos de UTI. “Hoje 2,7 milhões de casos no estado e 87.326 pessoas perderam suas vidas, mas temos a grata felicidade de ver a queda na ocupação de leitos de UTI. Hoje temos 11.756 pessoas em leitos de UTI e a taxa de ocupação destes leitos caiu de 92,3% para 85,3% em quinze dias”.

DECRETO MUNICIPAL

Até o fechamento desta edição, a Prefeitura não havia divulgado atualização no Decreto Municipal n° 3.545, que continua em vigor até este domingo, 18.

Conversas no Facebook