Colunistas

“Lendas dos Bosques de Viena” Johann Strauss Jr. (Viena 1825 – 1899)

publicado em 17 de setembro de 2020 - Por Odila Baisi

Com Johann Strauss Jr., um conjunto de valsas assumiu o caráter de composição sinfônica, embora preservando o ritmo magnético e a melodia convidativa da dança de salão.

Se ouvirmos a abertura das “Lendas dos Bosques de Viena”, é quase possível ver as árvores reluzindo na bruma do amanhecer e ouvir os pios do despertar dos pássaros em seus ramos.

O brilhante senso melódico, a graça das frases, o esplêndido senso rítmico, que jamais permite que o constante compasso 3/4 (ternário, isto é, de valsa) se torne monótono… não surpreende que Johann Strauss Jr. fosse chamado o “Rei da Valsa”.