Bragantino

Fluminense e Bragantino ficam no 0 x 0 no Maracanã

publicado em 2 de dezembro de 2020 - Por BJD
LÉO ORTIZ E NENÊ (CAPITÃES DAS EQUIPES) DISPUTAM A JOGADA (ARI FERREIRA/RED BULL BRAGANTINO)

Fluminense e Bragantino não saíram do 0 a 0 em partida disputada no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, na noite da última segunda-feira, e válida pela 23ª rodada do Brasileirão 2020.

Com o resultado o Braga perdeu uma posição na tabela de classificação caiu para a 15ª colocação, com 27 pontos, três a mais que o Vasco, primeira equipe dentro da zona do rebaixamento.

O primeiro tempo mostrou um domínio do Massa Bruta em posse de bola, mas com pouca finalização. Claudinho, em uma cobrança de falta aos 8 min, teve a melhor chance da equipe nesta etapa.

O Fluminense teve uma chance, aos 46 min. Em um erro do goleiro Cleiton, a bola ficou nos pés de Nenê, que tentou por cobertura, mas errou o alvo.

Na etapa final, ao menos em posse de bola as coisas se igualaram. No entanto, os goleiros seguiram praticamente sem trabalhar.

Aos 9, Artur arriscou de fora da área e a bola passou perto, assustando.

Em outro raro bom momento, novamente Claudinho, que não esteve em uma jornada muito inspirada, obrigou o goleiro Marcos Felipe a praticar grande defesa, aos 37 min.

Aos 44, Igor Julião apanhou uma sobra de fora da área e bateu forte, levando perigo ao gol de Cleiton.

Com vários atletas vitimados pelo Covid-19, o Fluminense entrou em campo bastante desfalcado. Iniciou a partida com sete ‘pratas da casa’ em seu time titular, além de outros dois que entraram no decorrer da partida.

Pelo lado do Bragantino, a baixa foi o goleiro reserva Júlio César também testado positivo para o Covid-19.

SÁBADO OUTRA BATALHA

Neste próximo sábado, o Bragantino volta a campo para enfrentar o Coritiba, equipe que venceu o Massa Bruta no primeiro turno, mas no momento, encontra-se estacionado nas últimas colocações. SL

FICHA TÉCNICA

CAMPEONATO BRASILEIRO – SÉRIE A
RODADA 23 (4ª DO RETURNO)
FLUMINENSE 0 x 0 BRAGANTINO

FLUMINENSE – Marcos Felipe; Calegari, Matheus Ferraz, Luccas Claro e Igor Julião; André, Martinelli (Nascimento 37’/2°) e Nenê (Felipe Cardoso – intervalo); Lucca (Caio Paulista 17’/2°), Marcos Paulo (PH Ganso 20’/2°) e Wellington Silva (Luiz Henrique – intervalo). Técnico: Odair Hellmann

BRAGANTINO – Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Luan Cândido (Edimar 40’/2°); Raul e Lucas Evangelista; Artur (Cuello 40’/2°) e Helinho (Bruno Tubarão 22’/2°); Claudinho (Vitinho 46’/2°) e Ytalo (Jan Hurtado 22’/2°).
Técnico: Maurício Barbieri.

ÁRBITRO: Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES).
ASSISTENTES: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antonio Zanotti (ES).
CARTÕES AMARELOS: Matheus Ferraz e Martinelli (FLU); Helinho (3°), Luan Cândido e Cuello (BRA).

LOCAL: Estádio Jornalista Mário Filho (Maracanã), no RJ, na segunda-feira (30/11).

RESULTADOS DA RODADA

Santos 4 x 2 Sport
Palmeiras 3 x 0 Athlético-PR
Bahia 1 x 3 São Paulo
Atlético-GO 0 x 0 Inter-RS
Vasco 1 x 4 Ceará
Grêmio 2 x 1 Goiás (jogo adiado da 6ª rodada)
Fluminense 0 x 0 BRAGANTINO

Conversas no Facebook