Bragantino

Copa Sul-Americana: Bragantino sofre segunda derrota seguida e fica mais distante da classificação

publicado em 7 de maio de 2021 - Por Silvio Loredo
Lucas Evangelista foi expulso no início do segundo tempo em lance que gerou muitas reclamações (Ari Ferreira / Red Bull Bragantino)

Com um gol aos 49 min do segundo tempo, o Bragantino sofreu mais uma derrota na Copa Sul-Americana, desta vez diante do Talleres (ARG), em Bragança Paulista, na noite da última quarta-feira, 5.

A equipe completou quatro jogos sem vencer, somadas as derrotas na competição continental e no Campeonato Paulista.

O resultado deixa o Massa Bruta em situação difícil no Grupo G, já que somente o primeiro colocado avança à próxima fase e dois dos três jogos que restam serão fora de casa. O time está na terceira colocação do Grupo G, com três pontos. O Talleres, com esta vitória, assume a segunda colocação, com quatro pontos. O Emelec-EQU, líder da chave com seis pontos, ainda jogaria na noite desta sexta-feira, 7, contra o Tolima-COL, na tentativa de disparar na liderança.

O Talleres não se intimidou com o fato de estar fora de casa, e desde o início do jogo procurou ir ao ataque. A equipe argentina teve mais posse de bola no primeiro tempo e, com transição rápido entre a defesa e o ataque, criou mais chances para abrir o placar. O Bragantino, por outro lado, teve dificuldades para criar jogadas. No primeiro tempo, não conseguiu criar boas chances e praticamente não assustou o goleiro Marcos Diáz.

Logo no início do segundo tempo, antes do primeiro minuto, o Bragantino perdeu o meia Lucas Evangelista por expulsão. Com um a menos, o Massa Bruta se fechou mais e tentava contra-ataques para encontrar o gol. O Talleres, apesar de ter mais posse de bola, tinha dificuldades para se livrar da marcação do Bragantino. Com o passar do tempo, o ritmo da equipe argentina caiu. O gol da vitória saiu aos 47 do segundo tempo. Em lançamento na área, Valoyes marcou de cabeça.

RECLAMAÇÕES

Jogadores e comissão técnica do Bragantino ficaram na bronca com a arbitragem. Assim como na partida contra o Emelec-EQU, na última semana, o Bragantino teve um jogador expulso no segundo tempo. O meia Lucas Evangelista foi expulso com menos de um minuto. A expulsão do atleta, aliás, é questionável. O atleta fez uma falta no meio de campo, e o árbitro Nicolas Gamboa entendeu que o atleta chegou de forma perigosa e o expulsou direto.

Além da expulsão de Lucas Evangelista, o jogo foi tenso em muitos momentos. Dentro e fora de campo. Dentro das quatro linhas, atletas chegaram a trocar empurrões. A arbitragem também se mostrou confusa e cometeu erros que incomodaram os times. À beira do gramado, Maurício Barbieri e Alexander Medina também trocaram ofensas. O técnico do Massa Bruta, no fim do jogo, também foi expulso.

A quarta rodada do Grupo G será disputada na próxima terça-feira, 11. O Bragantino recebe o Emelec no Estádio Nabi Abi Chedid, às 21h30.

FICHA TÉCNICA

COPA SUL-AMERICANA
3ª RODADA (FASE DE GRUPOS)

BRAGANTINO 0 X 1 TALLERES (ARG)

Estádio Nabi Abi Chedid (Bragança Paulista) Quarta-feira (05/05)

RED BULL BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Fabrício Bruno, Léo Ortiz e Edimar; Jadsom, Lucas Evangelista e Claudinho (Guilherme – 41’ 2º T); Artur, Ytalo (Ramires – 4’ 2º T) e Cuello (Chrigor – 23’ 2º T). Técnico: Maurício Barbieri.

TALLERES (ARG): Marcos Díaz; Tenaglia, Rafael Pérez, Hincapié e Enzo Díaz (Angelo Martino – 27’ 2º T); Francis Mac Allister(Soñora – 26’ 2º T) e Ignacio Méndez; Valoyes, Fragapane (Retegui – 33’ 2º T)e Auzqui (Ortiz – 32’ 2º T); Michael Santos. Técnico: Alexander Medina.

GOL: Valoyes (47’ 2ºT)

Cartões amarelos: Fabrício Bruno, Jadsom, Arthur e Cuello (BRA)
Cartão vermelho: Lucas Evangelista (BRA)
Árbitro: Nicolas Gamboa-CHI – Assistente 1: Claudio Rios-CHI – Assistente 2: Raul Orellana-CHI

Conversas no Facebook