Bragantino

Com arbitragem polêmica, Bragantino fica no empate diante do Guarani

publicado em 9 de março de 2021 - Por Silvio Loredo
Ramires (à esq.), autor do gol do Bragantino, comemora com Leandrinho (Ari Ferreira / Red Bull Bragantino)

Se faltou futebol, com duas equipes não muito inspiradas, teve polêmica no empate por 1 a 1 entre Guarani e Bragantino, no último domingo, 7, em Campinas, pela terceira rodada do Campeonato Paulista.

Um pênalti marcado no final da primeira etapa, que resultou no empate da equipe da casa, causou muita reclamação de jogadores e comissão técnica do time de Bragança Paulista.

No final de um primeiro tempo, com poucas chances claras de gol, sobrou emoção. Mesmo com um time bastante modificado em relação à vitória diante do São Caetano na rodada anterior, já que o técnico Maurício Barbieri tem optado por um rodízio de jogadores na competição estadual, o Bragantino era melhor, com mais posse de bola, mas não conseguia furar o bloqueio defensivo do adversário. Até que aos 44 min o zagueiro Fabrício Bruno fez um levantamento em direção à grande área, Hurtado ganhou dos marcadores e ajeitou para Ramires bater colocado no canto e abrir o placar.

Logo em seguida, no entanto, numa falha de marcação do setor esquerdo defensivo do Bragantino entre Léo Realpe e Edimar, Matues Ludke invadiu a área e cruzou para Tony finalizar. A bola tocou no braço de Aderlan, o árbitro Adriano de Assis Miranda marcou pênalti e, além disso, expulsou o jogador.

Segundo o árbitro, conforme consta na súmula do jogo, ele expulsou o lateral do Bragantino por utilizar a mão na bola, impedindo uma oportunidade clara e manifesta de gol.

Entretanto, a bola tocou antes na coxa do jogador, de maneira que ele não teria tempo de reação o suficiente para, de maneira intencional, colocar a mão na bola, embora estivesse com o braço esticado e assumindo o risco, o que configuraria um lance para no máximo cartão amarelo.

Mesmo com a arbitragem de vídeo (VAR) atuando no jogo, que poderia impedir o erro no campo, a decisão foi mantida, com tripla punição: pênalti, expulsão e suspensão automática do jogador na próxima partida. Além disso, o árbitro sequer consultou o monitor à disposição à beira do campo, o que causou ainda mais a indignação de jogadores e comissão técnica.

Com a polêmica, o primeiro tempo se arrastou por mais sete minutos e, após a cobrança, convertida por Rafael Costa, foi encerrado.

Já na segunda etapa, com um jogador ao menos, restou ao Bragantino se defender e procurar os contra-ataques. Claudinho tentou de fora da área e quase acertou o ângulo. Porém, as principais oportunidades foram do Guarani. Numa das finalizações, Renanzinho bateu na rede pelo lado de fora, e quando a bola iria para o gol em cabeçada de Matheus Souza, o goleiro Cleiton fez grande defesa e garantiu o empate.

Na próxima rodada o Bragantino enfrenta o Santo André, em Bragança Paulista, no domingo, 14, às 19h00.

FICHA TÉCNICA

CAMPEONATO PAULISTA – SÉRIE A1  – 3ª RODADA

GUARANI 1 X 1 RED BULL BRAGANTINO

GUARANI: Gabriel Mesquita, Matheus Ludke (Éder Sciola 30’ /2ºT), Romércio, Airton e Bidú; Bruno Silva e Índio (Rodrigo Andrade 23’/2ºT); Andrigo, Tony e Renanzinho (Matheus Souza 23’/2ºT); Rafael Costa (Júlio César 30’/2ºT). Técnico: Alan Aal

RED BULL BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Fabrício Bruno, Léo Realpe e Edimar; Raul, Eric Ramires (Jadsom 46’/2ºT) e Claudinho; Helinho (Cuello 46’/2ºT), Hurtado (Artur 23’/2ºT) e Leandinho (Weverton – INT). Técnico: Maurício Barbieri.

GOLS: Eric Ramires (44’/1º T) / Rafael Costa (51’/1ºT)
ÁRBITRO: Adriano de Assis Miranda
ASSISTENTE 1: Daniel Luís Marques
ASSISTENTE 2: Vladimir Nunes da Silva
ÁRBITRO DE VÍDEO (VAR): Flávio Rodrigues de Souza
Cartões amarelos: Claudinho, Artur, Cuello e Maurício Barbieri (BRA); Tony (GUA)
Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa (Campinas)
Data: Domingo (07/03/2021)

RESULTADOS DA RODADA

Inter de Limeira 1 x 0 Novorizontino
São Paulo 4 x 0 Santos
Corinthians 2 x 1 Ponte Preta
Ituano 1 x 1 Mirassol
Guarani 1 x 1 BRAGANTINO
Santo André 0 x 0 São Caetano
Ferroviária 5 x 0 Botafogo-SP

Conversas no Facebook