Saúde

Campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada

publicado em 29 de junho de 2020 - Por
Em Bragança Paulista, meta foi atingida em apenas dois grupos prioritários da campanha: idosos e trabalhadores da saúde

Campanha de Vacinação contra Influenza, que terminaria nesta terça-feira, 30 de junho, foi prorrogada mais uma vez pelo Ministério da Saúde, agora até o dia 24 de julho.

A vacina contra influenza Influenza A (H1N1 e H3N2) e Influenza B, os tipos mais comuns no Brasil, é destinada prioritariamente a idosos, adultos de 55 a 59 anos, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, puérperas, gestantes, pessoas com deficiência, portadores de doenças crônicas, professores, profissionais das áreas da saúde e da segurança pública, caminhoneiros, motoristas e cobradores do transporte público.

Diante da cobertura vacinal abaixo do esperado na maioria dos grupos prioritários, o Ministério da Saúde decidiu estender a campanha até 24 de julho em todo o País, para tentar atingir a meta de vacinar 90% do público-alvo.
De acordo com os dados apresentados à reportagem do Bragança-Jornal pela Secretaria Municipal de Saúde, Bragança Paulista superou as metas em relação aos idosos, com 129,38%, um total de 24.747 pessoas imunizadas, e trabalhadores da saúde, com 119,43%, um total de 5.606 doses aplicadas.

No entanto, os demais grupos estão abaixo da meta: foram vacinadas 7.477 crianças de 6 meses a menores de 6 anos foram vacinadas, o que representa 72,73%; 959 gestantes (58,83%); 163 puérperas (60,82%); 4.269 pessoas de 55 a 59 anos (57,85%); 1.250 professores (52,94%) e 8.141 pessoas com comorbidades (80,76%).

Além disso, foram imunizados 693 integrantes das forças de segurança e salvamento, 101 pessoas com deficiência, 227 profissionais do transporte coletivo, 466 caminhoneiros e 85 pessoas de outros grupos.

Conversas no Facebook