Polícia

SSP, SAP e MP detêm 65 durante operação para desarticular organização criminosa

publicado em 16 de junho de 2018 - Por BJD

As secretarias da Segurança Pública e Administração Penitenciária, em conjunto com o Ministério Público, prenderam, na quinta-feira, dia 14, 65 pessoas, durante a Operação Interestadual “Echelon”, realizada para cumprimento de ordens judiciais.

Do total de presos, dois foram em flagrante e 63 por mandados, sendo que 51 pessoas já estavam detidas em unidades prisionais.

Após cerca de um ano de investigação, a ação foi realizada visando o cumprimento de inúmeras ordens judiciais de prisão e apreensão nos estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul, Pará, Alagoas, Minas Gerais, Goiás, Tocantins, Roraima, Rio Grande do Norte, Acre, Amapá e Maranhão.

A Polícia Civil foi acionada pela Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), que detectou a comunicação de presos com integrantes de facção criminosa fora das unidades prisionais. Segundo apurado, os detidos produziam manuscritos e jogavam pelo vaso sanitário até chegar à rede de esgoto e alcançar integrantes externos.

Durante a atuação de campo foram cumpridas 55 ordens de busca e apreensão e 63 de prisão, sendo que 51 pessoas já estavam detidas em unidades prisionais e outras 12 foram presas. Além disso, mais duas pessoas foram presas em flagrante por tráfico de entorpecentes e porte ilegal de armas.

Ao longo da ação, sete detidos foram transferidos ao Regime Disciplinar Diferenciado (RDD). No decorrer das investigações foram apreendidas mais de uma tonelada de drogas. Um dos líderes dessa célula criminosa foi preso no aeroporto de Guarulhos, quando retornava da Bahia, em 10 de maio deste ano.