Polícia

Operação Finados: forças de segurança e concessionárias se mobilizam para garantir tranquilidade nas estradas

publicado em 30 de outubro de 2020 - Por BJD

A Operação Finados, que teve início na última quinta-feira, 29 de outubro e se encerra na próxima segunda-feira, 2 de novembro, tem o objetivo de garantir maior segurança e conforto aos usuários que viajam neste feriado prolongado.

Estado

No Estado de São Paulo, a ação conta com o reforço do Policiamento Rodoviário Estadual, do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (ARTESP) e das concessionárias nas rodovias do estado. Mesmo com a operação, o Governo de São Paulo reforça a importância de evitar viagens desnecessárias e a exposição ao risco de contaminação por COVID-19.

Em média, 21,5 mil policiais vão reforçar diariamente as ações de patrulhamento ao longo dos 22 mil quilômetros de rodovias estaduais durante o feriado prolongado para evitar crimes e garantir a fluidez do trânsito em toda a malha rodoviária do estado. A operação utilizará ainda oito mil viaturas, 50 cavalos, 10 helicópteros, 12 drones, 386 guinchos e 200 ambulâncias, que serão distribuídos ao longo de 190 pontos estratégicos para o policiamento.

Fiscalização

Os policiais rodoviários empenhados na ação realizaram testes de embriaguez e o motorista que for flagrado dirigindo sob a influência de álcool será multado e poderá ter o veículo apreendido. O condutor ainda poderá ter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa, além de responder criminalmente.

Além disso, será intensificada a fiscalização de limites de velocidade, ultrapassagens e uso de cinto de segurança, assentos infantis e capacetes. Os efetivos do Comando de Policiamento de Choque (CPChq), Comando de Polícia de Aviação “João Negrão” (CAv) e territoriais também serão empregados nas orlas das praias.

Haverá o uso de megafones para reforçar a necessidade do distanciamento social em pontos específicos como praias, bares e restaurantes, como medida de proteção à COVID-19. A PM paulista também dará apoio à fiscalização das equipes de vigilância sanitária municipal e estadual.

Estradas

As rodovias estaduais contarão com o uso de drones, que permitem às equipes de campo um melhor tempo de resposta e tomadas de decisões, além de 1.818 câmeras de fiscalização, que abastecem os centros operacionais 24 horas por dia, e 551 sensores de tráfego.

Nas redes sociais, os órgãos do Governo do Estado divulgam os melhores horários para pegar a estrada e as condições de tráfego para permitir que os usuários se programem. Os painéis de mensagens variáveis (PMVs), espalhados pelas estradas de São Paulo, também passarão informações e alertas aos motoristas.

Melhores horários para viajar

Os motoristas poderão planejar a sua viagem, escolhendo os horários de menor movimento. Neste sábado as estradas estarão mais livres de 0h a 7h e 21h a 00h. No domingo, os melhores horários para viajar são de 0h a 8h e de 18h a 0h. No retorno, na segunda-feira, a dica é pegar a estrada entre 0h e 9h e 21h e 0h.

PRF

A PRF também mobiliza ações em rodovias federais com a finalidade de direcionar as ações de policiamento e fiscalização com foco na segurança viária, em especial na prevenção e redução da gravidade dos acidentes de trânsito, bem como aumentar a percepção de segurança nas rodovias federais e intensificar o enfrentamento à criminalidade durante este período.

Fernão Dias

A Arteris Fernão Dias deve atuar com cerca de 885 profissionais no trabalho operacional neste período de final de semana prolongado pelo feriado – de 30 de outubro a 2 de novembro. Entre as principais atividades da concessionária estão o monitoramento, inspeção, resgate veicular e atendimento pré-hospitalar na BR-381, entre Contagem e Guarulhos, trecho sobre a administração da concessionária.

Os trechos de maior atenção nesse período são os localizados nas extremidades entre Contagem e Itatiaiuçu e entre Guarulhos e Atibaia e segmentos com aclive e declive acentuados, como Serra de Igarapé e Serra da Canguava, entre Cambuí e Camanducaia. Para esse período também não haverá obras com restrições de faixas programadas. No entanto, eventuais intervenções podem ocorrer em caso de emergência.

Conversas no Facebook