Polícia

Estupros aumentam quase 10% no estado

publicado em 30 de maio de 2018 - Por BJD

Ao contrário de Bragança Paulista, os casos de estupros no estado de São Paulo tiveram aumento de 9,6%, com 959 boletins de ocorrências registrados no mês contra 875 no mesmo mês do ano passado.

Em abril, também houve três casos de extorsão mediante sequestro no Estado. Em igual período de 2017, não houve nenhum caso.

Por outro lado, o estado fechou o mês de abril com queda nos casos e vítimas de homicídios dolosos e de latrocínios, em comparação com igual período do ano passado. Também houve redução nos boletins de ocorrências de furtos veículo e de roubos em geral, de veículos e a banco.

As ocorrências de homicídio doloso recuaram em 11,3% no mês de abril. O total passou de 284 para 252.
O número de vítimas de homicídio caiu 10,6% no mês, de 303 para 271 – 32 a menos. O total é o menor desde 2001, quando começa a série histórica.

Com as reduções, as taxas de homicídios do Estado diminuíram nos últimos 12 meses (de maio de 2017 a abril de 2018): foram 7,16 casos e 7,58 vítimas a cada 100 mil habitantes, os índices mais baixos para a série histórica dos dados de criminalidade, que começa em 2001.

Os latrocínios caíram 25% no quarto mês deste ano, passando de 36 para 27 ocorrências – em números absolutos foram nove casos a menos. No mesmo período, o número de vítimas de roubos seguidos de morte diminuiu 22,2%, passou de 36 para 28, alcançando o menor índice desde 2010.

Outros indicadores

Em abril, os roubos em geral diminuíram 10,7%, com 2.734 ocorrências a menos (de 25.518 para 22.784). Já os roubos de veículos caíram 11,6% no quarto mês deste ano, passando de 5.590 para 4.941.

Os furtos em geral aumentaram em 1,6% no mês, com 662 boletins de ocorrência contabilizados a mais do que em abril de 2017. Os furtos de veículos reduziram em 3,5% no comparativo mensal. O total caiu de 8.741 para 8.436 ocorrências registradas.