Polícia

Criminosos atiram em policiais na Rodovia Fernão Dias e são detidos após perseguição

publicado em 10 de maio de 2018 - Por BJD
Divulgação

Dois integrantes de uma quadrilha que assaltou uma residência em Camanducaia/MG foram presos no início da noite de terça-feira, 8, na Rodovia Fernão Dias. Houve perseguição aos bandidos após eles efetuarem um tiro em direção a policiais rodoviários federais após ordem de parada no pedágio de Vargem. Outros dois indivíduos fugiram.

Segundo os autos, por volta de 18h00, policiais rodoviários federais faziam fiscalização na praça de pedágio na rodovia, quando deram ordem de parada a um veículo Chevrolet/Captiva, preto, ocupado por quatro indivíduos.
Inesperadamente o passageiro da frente sacou de uma pistola e efetuou vários disparos contra os policiais, que revidaram, mas o condutor empreendeu fuga em alta velocidade.

Dois indivíduos foram presos e outros dois conseguiram fugir

Houve perseguição por cerca de 10 km, até que o veículo parou e dois ocupantes fugiram, enquanto os outros dois foram detidos e identificados como João Batista Oliveira Júnior, 37 anos, e Elvio Abner Quintino, 34 anos.
Em revista ao veículo, foi encontrada uma pistola de calibre restrito, numeração raspada, com oito munições intactas, dois cartuchos deflagrados, diversas abraçadeiras plásticas, usadas para imobilizar pessoas, um rolo de fita adesiva, usada como mordaça e duas toucas tipo ninja, além de R$ 2.800,00 em dinheiro em poder de Elvio.

Quadrilha havia roubado uma residência em Camanducaia/MG

No local do sentido de fuga dos outros dois indivíduos foi encontrado no chão um colete balístico. Verificando os caracteres de identificação do veículo, os policiais apuraram que ele tinha sido roubado no dia 13 de março passado, sendo as placas originais diferentes das verificadas.

No decorrer das diligências, os policiais foram informados que quatro indivíduos haviam atirado contra um idoso de 74 anos, ao praticarem roubo a uma residência na cidade de Camanducaia/MG. A filha da vítima reconheceu os dois como participantes do crime, sendo Elvio o autor do disparo contra seu pai.

Diante do apurado, João Batista e Elvio foram conduzidos ao Plantão Central de Bragança Paulista, onde foram autuados em flagrante por tentativa de homicídio, roubo, receptação de veículo e porte ilegal de arma de fogo e apresentados em audiência de custódia.