Futebol

Pandemia suspende 20 campeonatos estaduais

publicado em 18 de março de 2020 - Por BJD

A pandemia do novo coronavírus afetou quase 75% dos campeonatos estaduais em disputa no Brasil. Dos 27 torneios deste ano, 20 foram impactados de alguma forma pela doença, seja pela suspensão ou pelos jogos terem de ser disputados com os portões fechados.

As sete competições que até agora permanecem sem alteração são de localidades com números baixos de registros da doença e também de pouca tradição futebolística, nas regiões Norte e Centro-Oeste do País.

No cenário atual, predomina a paralisação dos estaduais, inclusive com os principais campeonatos afetados. Os regionais mais valorizados do Brasil, como o Paulista, o Carioca, Gaúcho e o Mineiro estão entre as 11 competições suspensas. As medidas foram tomadas pelas federações locais como forma de conter a propagação do novo coronavírus e atenderam, inclusive, pedidos das próprias equipes e as recomendações da CBF.

Menos radical do que suspender o torneio, a escolha por realizar partidas com os portões fechados é a decisão do momento em nove Estaduais pelo Brasil. A maior parte dessa determinação foi em estados do Nordeste, como Bahia, Ceará, Piauí e Paraíba. Nesses torneios, a opção por continuar com a disputa se deu principalmente para atender a um pedido das equipes pequenas, que dependem das verbas de patrocínio para manterem as contas em dia.

Em sete Estados do Brasil, os campeonatos regionais vão continuar sem nenhuma intercorrência. No Acre, Amazonas, Espírito Santo, Mato Grosso, Rondônia, Roraima e Tocantins o calendário prevê a manutenção das partidas, inclusive com a presença de torcedores.