Esportes

I Adapta FESB quer estimular a socialização e divulgar o paradesporto

publicado em 7 de junho de 2019 - Por BJD

Que praticar esportes é fundamental para a saúde, todo mundo sabe. Porém para as pessoas com deficiência, a prática é ainda mais importante.

Segundo os especialistas, as diversas modalidades melhoram a condição cardiovascular de quem as pratica, aprimora a força, agilidade, coordenação motora, equilíbrio e o repertório motor. Além disso, o esporte proporciona a oportunidade de socialização e torna quem tem deficiência mais independente, melhorando a autoconfiança e a autoestima.

A FESB (Fundação de Ensino Superior de Bragança Paulista), através do curso de Educação Física, que mantém um laboratório de atividades motoras adaptadas (LAMAS).  promove neste sábado (8) o I Adapta FESB, evento que pretende estimular a integração da comunidade acadêmica e sociedade, além de divulgar as modalidades do paradesporto.

Luiz Aparecido dos Santos, professor especialista responsável pela disciplina e coordenador do LAMAS, explicou que o evento não tem finalidade competitiva. “A ideia é vivenciar as modalidades paralímpicas e fazer com que a comunidade compreenda a socialização através das práticas esportivas”, ressaltou. Os presentes poderão participar tanto das oficinas práticas quanto das teóricas.

As modalidades paralímpicas que serão oferecidas são: bocha, tênis de mesa, atletismo, goalball, judô, vôlei sentado, natação e handbike (demonstração).

O Adapta FESB, inicia a partir das 8h30 no próprio campus da FESB. O evento é gratuito e tem como público alvo pessoas com deficiência e cuidadores, porém é aberto a participação do público em geral.