Empregos

Concursos públicos

publicado em 14 de março de 2018 - Por Redação/BJD

Expectativa é que total de vagas em concursos públicos dobre em 2018

Neste ano, 162 mil vagas deverão ser abertas em concursos públicos no país, segundo cálculo da Anpac (Associação Nacional de Proteção e Apoio aos Concursos).

O número é mais do que o dobro das 79 mil disponibilizadas em 2017 -quando a associação previu 89 mil postos- e bem mais do que as 100 mil ofertadas em 2016.

Para fazer a estimativa, a Anpac considera a liberação de verba orçamentária para concursos, o deficit de servidores, além de aposentadorias, mortes e exonerações.

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, disse em outubro de 2017 que mais de R$ 600 milhões seriam destinados no Orçamento para a realização de concursos. Ainda segundo o ministro, em 2016 e 2017 só seleções urgentes foram liberadas.

“Esperamos que as vagas represadas comecem a aparecer”, diz Gabriel Henrique Pinto, advogado e diretor da Central de Concursos.

Segundo o Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo, por exemplo, faltam mais de 12 mil funcionários na instituição.

Hélio Teixeira, pesquisador de gestão pública e professor da FEA-USP, não acredita que haverá uma retomada dos editais já neste ano. “Há uma tendência a ter menos vagas devido ao problema fiscal do país. A despesa pública vai ser comprimida em todas as áreas”, diz.

A reposição de cargos vagos é o principal gerador de vagas, uma vez que a criação de novos postos para servidores é pequena. “Não vemos a criação de cargos de forma massiva desde o final do governo Lula”, diz o diretor da Central de Concursos.

A pasta do Planejamento calcula que 40% dos servidores devem se aposentar até 2027, o que significa 216 mil cargos públicos que poderão ser repostos. Para a Anpac, muitas aposentadorias podem ser antecipadas, para evitar possíveis novas regras da Previdência.