Cotidiano

Semana Municipal de Conscientização e Orientação sobre o Vitiligo é criada

publicado em 1 de novembro de 2019 - Por BJD
João Stanganelli e as bonecas inclusivas (Foto: Arquivo Bragança Jornal)

O prefeito Jesus Chedid sancionou a Lei nº 4.710, de 25 de outubro de 2019, que institui a Semana Municipal de Conscientização e Orientação sobre o Vitiligo. A medida atende uma reivindicação popular e está incluída no Calendário de Eventos do Município.
Os objetivos da Semana Municipal de Conscientização e Orientação sobre o Vitiligo são: sensibilizar sobre a discriminação sofrida pelas pessoas com os sintomas do vitiligo; promover espaço para discussão sobre a doença e interlocução através de manifestação dos gestores, conselhos, associações, ONGs e demais serviços que oferecem atendimento à pessoa com o vitiligo; qualificar os profissionais de saúde para as ações de prevenção, diagnóstico, orientação e tratamento de cuidados com a pele; e proporcionar intercâmbio entre as famílias, os usuários e os profissionais da área da saúde.

Na semana em que o projeto de autoria da vereadora Rita Leme estava sendo votado na Câmara Municipal, o Bragança-Jornal entrevistou João Stanganelli Júnior, morador de Bragança Paulista e portador de vitiligo. Ele é considerado um ‘garoto propaganda’, e chama a atenção para um tema sério e importante: a inclusão.

“A proposta que institui a semana de conscientização é essencial para que as pessoas saibam que não é uma doença contagiosa, acredito que o preconceito se dá justamente por falta de conhecimento”, afirmou João ao Bragança-Jornal na ocasião.

O artesão ficou conhecido nacional e mundialmente após fazer uma boneca de crochê com vitiligo e agora se dedica às causas inclusivas.

Com a lei em vigor, os eventos da primeira Semana Municipal de Conscientização e Orientação sobre o Vitiligo ocorrerá próximo ao dia 25 de junho, data esta proposta internacionalmente devido ao aniversário de morte de Michael Jackson, que tinha vitiligo e faleceu em 25 de junho de 2009.