Cotidiano

Secretário de estado visita obras de residencial para idosos

publicado em 19 de fevereiro de 2021 - Por BJD
Participaram da visita o secretário de Estado de Habitação de São Paulo Flávio Amary, o vice-prefeito Amauri Sodré e o deputado estadual Edmir Chedid (Secom)

Estão sendo construídas 28 unidades em uma área do Jardim Vista Alegre, destinadas à população idosa do município

O secretário de Estado de Habitação de São Paulo, Flávio Amary, que esteve em Bragança Paulista para a solenidade de entrega de matrículas de imóveis beneficiados pelo Projeto de Regularização Fundiária, visitou as obras de construção das 28 moradias do Programa Vida Longa, no Jardim Vista Alegre.

O projeto é uma parceria entre a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social, a Secretaria da Habitação, a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU) e a Prefeitura de Bragança Paulista.

O condomínio, especialmente projetado para idosos com renda de até dois salários mínimos, tem previsão de estar concluído em dezembro deste ano.

Os imóveis foram projetados segundo parâmetros de acessibilidade universal. Os conjuntos têm até 28 casas de 28 m² de área útil cada, distribuídos em cozinha, sala de estar e dormitórios conjugados, banheiro e área de serviço.

Para promover maior socialização dos moradores, os residenciais possuirão espaços comuns para convivência e lazer, com salão de convívio com refeitório e área para assistir televisão, área com churrasqueira e forno a lenha, aparelhos para atividade física, mesa de jogos, bancos de jardim, horta elevada e paisagismo. Este é o primeiro empreendimento construído em Bragança Paulista com sistema de energia fotovoltaico.

As casas estão sendo construídas na Rua Miguel Gomes de Oliveira, no Jardim Vista Alegre. “Visitamos aqui recentemente o terreno, no início do projeto, e hoje vemos as casas com telhado. Ou seja, em breve vamos voltar aqui para entregar. É um projeto inovador que busca dar atendimento a pessoas mais idosas e em vulnerabilidade social”, afirmou o secretário de Estado da Habitação, Flávio Amary.

Para a execução do projeto, a Prefeitura doou o terreno e a Secretaria de Estado da Habitação e a CDHU investem em conjunto na construção das unidades habitacionais. Após a finalização da obra, a gestão é da Prefeitura e da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social.

“Esse projeto de habitação para idosos é revolucionário. As pessoas vão ter aqui a sua casa, área de lazer e de convivência e vão poder desfrutar da amizade uma das outras. Este conjunto será entregue totalmente mobiliado para as 28 famílias que aqui irão morar”, afirmou o deputado estadual Edmir Chedid.

O vice-prefeito Amauri Sodré também comentou sobre a visita do secretário Flávio Amary a Bragança. “O secretário sempre nos atendeu muito bem e disse que mais obras virão para a nossa cidade. Daqui alguns meses nós estaremos todos aqui para entregar as chaves das casas às famílias”, afirmou.

O secretário municipal de Obras, André Monteiro, que responde também pela Secretaria Municipal de Habitação, comentou sobre o trabalho da Prefeitura em realizar o projeto para a construção das unidades habitacionais voltado para a terceira idade. “Estamos acompanhando as obras e será um empreendimento de muito sucesso para a cidade”, disse.

A secretária municipal de Ação e Desenvolvimento Social, Margarete Alvarenga, afirmou que a seleção dos idosos para ocupar as unidades habitacionais segue as diretrizes do Governo do Estado, que são idosos em vulnerabilidade social. “Aqui será um equipamento de Assistência Social que não dá direito a herança”, explicou Margarete.

Além do Programa Vida Longa, Bragança Paulista conta com mais dois equipamentos voltados aos cuidados dos Idosos: o Centro de Convivência do Idoso Marli AparecidaTorricelli Penteado, no Prédio Redondo (atrás da Câmara Municipal) e o Centro Dia do Idoso “Irmã Dirce”, na Santa Libânia.

Conversas no Facebook