Cotidiano

Se não for arrematada, área da Austin pode ser doada ao município

publicado em 23 de setembro de 2020 - Por BJD
Lance mínimo é de R$ 30.700.000,00. Governo exige o pagamento de entrada de no mínimo de 5% e o restante em até 120 parcelas mensais (Arquivo/Bragança-Jornal)

Na próxima quarta-feira, 30 de setembro, será leiloada a área da antiga empresa Austin, localizada entre a Rodovia Capitão Barduíno, Rua Padre João Pastrana e Rua Sen. Roberto Simonsen, no Jardim Novo Mundo.

A Câmara Municipal de Bragança Paulista está fazendo um movimento para que a área seja doada ao município. Segundo o vereador Claudio Moreno (DEM), se não for arrematada no leilão, a área poderá ser doada ao município.
“O deputado estadual Edmir Chedid se reuniu com os técnicos da Fazenda e disseram que essa área seria transferida, e o município construiria duas mil casas.

Mas para o Jurídico do Estado, a área teria que ir para leilão. Se não aparecer interessados, ela vem para o município. É uma questão legal que precisamos superar”, afirmou o vereador durante a 34ª sessão ordinária do Poder Legislativo, realizada na terça-feira, 22 de setembro.

De acordo com o Plano Diretor, o terreno da Austin está em Área de Desenvolvimento Urbano, que tem dentre seus objetivos o estímulo à provisão habitacional de interesse social para a população de baixa renda, em áreas próximas ao Centro.

Conversas no Facebook