Cotidiano

Rede estadual pode iniciar ano letivo sem 320 professores na região

publicado em 12 de janeiro de 2019 - Por BJD

Alunos das 12 cidades que compõem a Diretoria de Ensino da Região de Bragança Paulista (DERBP) podem iniciar o ano letivo, em 1º de fevereiro, com a falta de aproximadamente 320 professores, ou seja, podem ficar sem aulas.

O Bragança-Jornal conversou com o dirigente Regional de Ensino de Bragança Paulista, Adílson Moreira Condesso, que comentou a situação. Segundo ele, desde 2007 o Estado contrata professores temporários, os chamados categoria O, para suprir a faltas. Condesso acredita que o Estado irá conseguir reverter essa situação.

Nesta semana, o Governo do Estado de São Paulo apresentou perante o Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido de suspensão da decisão proferida pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP) que proíbe a contratação de temporários no serviço público.

Matéria completa na edição impressa de sábado, 12 de janeiro.