Cotidiano

Em parceria com o Instituto IPÊ, RB Bragantino realiza ação contra queimadas

publicado em 26 de outubro de 2020 - Por BJD
As represas dos rios Jaguari e Jacareí são partes importantes do Sistema Cantareira, que abastece quase 8 milhões de pessoas (Arquivo Bragança-Jornal)

Nesta terça-feira, 27 de outubro, às 18h00, o time do Red Bull Bragantino tem um de seus jogos mais importantes nesta temporada, mas ele não será válido pelo Brasileirão ou pela Copa do Brasil.

Em parceria com o Twitter e com o Instituto de Pesquisas Ecológicas (IPÊ), o Massa Bruta irá jogar contra as queimadas em Bragança Paulista – mais especificamente na área do Sistema Cantareira.

A ativação digital irá simular o pré-jogo e o “minuto a minuto” de uma partida da equipe de Bragança Paulista no Twitter (www.twitter.com/RedBullBraga) mas, no lugar dos tradicionais lances de jogo, os mais de 50 mil seguidores do @RedBullBraga irão visualizar informações importantes sobre as queimadas que afetam a região e, infelizmente, boa parte do Brasil, assim como dicas e recomendações para ajudar na conservação dessas áreas.

Quando a bola rolar, a torcida terá participação direta no sucesso do Massa Bruta na partida, por meio de interações nas postagens, pois a cada “gol” marcado, o Bragantino fará a entrega de 50 novas mudas para o reflorestamento da Mata Atlântica e conservação da água do Sistema Cantareira, no Bairro da Serrinha de Bragança Paulista.

Para que os “gols” sejam marcados e novas árvores plantadas na Mata Atlântica, porém, o Massa Bruta irá estipular uma meta para o número de interações que cada Tweet durante o jogo deve ter. Assim, ao interagir com esses posts, seja por meio de comentários, Retweets ou likes, o torcedor poderá contribuir diretamente, não apenas no resultado da partida e com as doações das novas mudas, mas espalhando a mensagem sobre a importância de preservação das áreas verdes na região.

Se, ao final do jogo, os 10 Tweets de “minuto a minuto” alcançarem suas metas de engajamento, 500 mudas poderão ser entregues pelo Bragantino para o reflorestamento desta área.

Por que plantar árvores em Bragança?

A cidade de Bragança Paulista é reconhecida como Estância Climática e, em seu território, estão as represas dos rios Jaguari e Jacareí, parte importante do Sistema Cantareira, que abastece quase 8 milhões de pessoas.

A qualidade do solo da região é superimportante para a produção de água, porque várias fazendas e sítios abrigam nascentes e cursos d´água que alimentam as represas. Para que haja produção de água em boa quantidade e qualidade, é necessário plantar florestas nativas, já que 60% das Áreas de Preservação Permanente de todo o Sistema Cantareira estão degradadas.

Parceria com o IPÊ

A ativação digital é acompanhada pelo Instituto IPÊ, que apoiou a produção do conteúdo. Presente em várias regiões do Brasil, o Instituto, realiza um importante trabalho na região do Sistema Cantareira, já tendo plantado 370 mil árvores para preservação de todo o ecossistema local. Um dos projetos na região é o “Semeando Água”, que apoia produtores rurais e realiza restauração florestal.

Para todos que quiserem contribuir e também se tornar um “Protetor do Cantareira”, o IPÊ possui a campanha: https://semeandoagua.ipe.org.br/faca-parte/campanha/

“Estamos felizes em poder ter esse espaço para dialogar com os torcedores do Red Bull Bragantino, por meio dessa ação. É importante que mais pessoas possam ser informadas sobre a importância da conservação de florestas para a produção de água e sobre como evitar a degradação e as queimadas.

Além disso, de forma simples elas vão poder ajudar o IPÊ a conseguir plantar mais árvores em favor da qualidade de água da Região Bragantina e do Sistema Cantareira. É um bom momento para mobilizar as pessoas sobre o assunto, principalmente porque vivemos uma emergência climática sem precedentes”, afirma Andrea Peçanha, coordenadora da Unidade de Negócios do IPÊ.

Conversas no Facebook