Cotidiano

Propostas para concessão da Estação Guaripocaba serão conhecidas na segunda

publicado em 7 de fevereiro de 2020 - Por BJD
Bragança-Jornal

Pela terceira vez a Prefeitura tentará licitação para entregar à iniciativa privada a concessão onerosa e a título precário da Estação Guaripocaba. A abertura das propostas acontece na segunda-feira, 10 de fevereiro, às 9h30, no salão de licitações, no Paço Municipal.

Como nos dois primeiros certames não apareceram interessados, a Prefeitura diminuiu o valor mensal da concessão (espécie de aluguel). O valor mínimo mensal para oferta é de R$ 1.600 com concessão de 10 anos para exploração. As duas primeiras tentativas eram no valor mínimo de R$ 3.125,00.

O local é propício para um restaurante típico e para fomentar o turismo. A antiga Estação do Guaripocaba fica a poucos metros da Rodovia João Hermenegildo de Oliveira, a Variante do Guaripocada.

A obra de restauração do imóvel, no valor de mais de R$ 1,2 milhão, foi realizada com recursos da Secretaria de Turismo do Estado, através do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (Dadetur).

Ela foi iniciada em novembro de 2015 e se encontrava paralisada desde setembro de 2016, quando foram solicitadas mudanças no projeto, fato que resultou em atraso e, consequentemente, na sua paralisação, bem como problemas com o prazo do convênio vencido. Após tratativas do deputado Edmir Chedid junto ao Estado, em agosto de 2017 a Prefeitura conseguiu o aditamento do prazo de convênio e a aprovação das mudanças do projeto.

O restauro da Estação se deve ao peso histórico que o local possui, como a plataforma de embarque, a bilheteria, assim como um banheiro com peças de ferro fundido, que resistiu ao passar dos anos. A estação foi construída em 1913 e tem em parte de sua fundação materiais vindos da Europa.