Cotidiano

Projeto Roda de Rima de Bragança Paulista recebe apoio do ‘Movimentos das Cidades’

publicado em 3 de maio de 2022 - Por BJD
Divulgação

Após dois meses de consultoria, moradores mostram, na prática, as inciativas que impactam a realidade local

Resgatar jovens da violência e das drogas tem sido uma tarefa difícil, mas possível para Roda de Rima de Bragança Paulista, um projeto cuidadoso e que foi possível se desenvolver com o apoio do Prêmio Os Movimentos das Cidades. A iniciativa será apresentada pelo jornalista Marcelo Tas na próxima sexta-feira (6), às 9h, na sede do grupo CCR, em São Paulo. Além dessa ação, mais outras nove cidades tiveram iniciativas selecionadas e receberam ao longo de dois meses orientação do comitê técnico formado por integrantes da Rede de Lideranças do Centro de Liderança Pública (CLP) e mais R$ 10 mil, somando o total de R$ 100 mil, para desenvolver os projetos.

Foram mais de 360 projetos inscritos por moradores de Águas da Prata, Avaré, Bragança Paulista, Barueri, Campinas, Itapeva, Louveira, Osasco, Sorocaba e Tatuí. Um vitorioso de cada cidade teve a oportunidade de colocar em prática inciativas que buscam impactar positivamente a comunidade local. A ação contou com apoio do grupo CCR e a idealização da agência Virtú.

A cidade de Bragança Paulista foi a que teve o maior número de inscritos: 74. Entre as iniciativas, foi selecionada a do morador Edson Meris, com o projeto Roda de Rima, que busca alcançar jovens em vulnerabilidade socioemocional ou cumprindo medida socioeducativa em meio aberto, através da poesia acústica melódica. A iniciativa propõe desenvolver a reflexão social por meio da música e conscientizar sobre a importância do respeito aos direitos e deveres em sociedade com técnicas de coach e para trabalhar a inteligência emocional dos jovens. Com o recurso do Prêmio Os Movimentos das Cidades foi possível construir o Estúdio Em Movimento, além de uma versão no espaço de internação da Fundação Casa.

Filipe Vilicic, diretor de criação e estratégia da agência Virtù, reforça que o evento é a consagração de uma ação que começou em 2020, mostrando as forças e oportunidades das dez cidades paulistas. Além disso, também foram apresentados desafios a serem superados. “Finalizar com o Prêmio Os Movimentos das Cidades permitiu buscar soluções concretas para essas cidades, propostas pelos próprios moradores e com ideias que realmente podem mudar a vida das pessoas”, conclui Vilicic.

No site movimentosdascidades.grupoccr.com.br, estão disponíveis os vídeos apresentados por Marcelo Tas que ressaltam vocações econômicas, culturais e também apontam vulnerabilidades e caminhos para contribuir com gestores locais.

Conversas no Facebook


Secured By miniOrange