Cotidiano

Prefeitura de Atibaia assume gestão do transporte coletivo; empresa nega abandono

publicado em 9 de abril de 2020 - Por BJD
SECOM/Atibaia

A Prefeitura de Atibaia assumiu temporariamente a gestão do serviço de transporte urbano de passageiros, por meio de decreto publicado no último domingo, 5 de abril.

Segundo a Prefeitura, ela tomou conhecimento no início da manhã de domingo, 5, que a empresa de ônibus SOU Atibaia, na madrugada de sábado para domingo, estaria retirando parte da frota de veículos, almoxarifado, equipamentos e materiais de escritório de sua garagem, localizada na Avenida São João.

Representantes da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana foram até a garagem da empresa para apurar os fatos, e diante da situação, a Prefeitura decretou a intervenção na empresa para “assegurar a continuidade dos serviços, preservar o interesse dos usuários; apurar as razões de sua inadequada e imperfeita prestação até então; e realizar auditoria na concessionária, para apurar o real custo operacional dos serviços”.

No decreto a Prefeitura nomeou um Interventor, com possibilidade de nomeação de uma Comissão Gestora em seu auxílio, e determina que ele instaure processo administrativo para comprovação das causas da intervenção e apuração de responsabilidades, assegurando à empresa SOU Atibaia o direito ao contraditório e à ampla defesa.
A empresa SOU Atibaia é do grupo Santa Cecília Turismo Ltda. (Sancetur).

Em nota divulgada, empresa afirma que recebeu a notícia da intervenção “com perplexidade”. “O serviço nunca foi interrompido e a empresa não abandonou e nem pretende abandonar a cidade, passageiros e funcionários”. A empresa disse ainda que a notícia sobre sua saída na cidade é falsa e que aproveitou o período para fazer manutenção na frota.