Cotidiano

Prefeitura assina ordens de serviços para construção das perimetrais

publicado em 7 de agosto de 2020 - Por BJD
Perimetral Sul, entre as estradas de Itatiba e Socorro, terá início na região da Santa Luzia e utilizará uma estrada de terra já existente (SECOM)

A Prefeitura assinou no final da manhã desta sexta-feira, 7 de agosto, as ordens de serviços para a construção das duas vias perimetrais em Bragança Paulista. Serão investidos mais de R$ 24 milhões nas duas obras, que serão executadas pela Construtora Artec S/A, de Brasília-DF.

No início de maio deste ano, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR), autorizou a liberação de R$ 15 milhões à Prefeitura de Bragança Paulista, resultado da reivindicação do deputado Edmir Chedid (DEM), para a construção das duas vias perimetrais. O repasse do Governo do Estado é de R$ 7,5 milhões para cada obra e o restante é contrapartida da Prefeitura.

A perimetral norte será a Estrada Municipal Aurélio Frias Fernandes, que ligará a Rodovia Capitão Barduíno (SP-008) à Rodovia Hermenegildo de Oliveira (SPA 009/010), a Variante do Guaripocaba. São 6,59 quilômetros de via. A obra custará R$ 13.469.875,38, sendo de R$ R$ 5.969.875,38 a contrapartida da Prefeitura.

A perimetral sul fará a ligação da Rodovia Capitão Barduíno (SP-008) com a Rodovia Alkindar Monteiro Junqueira (SP-063). Está obra tem custo estimado em R$ 11.219.088,95, sendo a contrapartida da Prefeitura de R$3.719.088,95.

Durante a solenidade de assinatura da perimetral sul, que foi realizada na entrada da Fazenda São José, próxima à rotatória da Avenida Plínio Salgado com a Avenida dos Imigrantes, o secretário municipal de Obras, André Monteiro destacou o empenho da atual Administração em buscar os recursos necessários para executar a obra. “Desde 2015 este projeto está na prefeitura e agora esta Administração conseguiu e irá fazer”, afirmou.

Segundo André, o motorista que seguir pela Capitão Barduíno, sentido Socorro/Bragança, e pegar a perimetral, entrará por uma marginal de acesso junto ao condômino Villa Real. Aqueles que estão na perimetral e vão acessar a Capitão Barduíno, haverá a via que dá acesso à Fazenda São José.

Essa perimetral terá início numa rotatória existente na Avenida Alberto Diniz com a Rua Itapechinga, segue por uma via já existente bem próxima ao muro do Condomínio Vale das Águas e passa por detrás do Jardim Santana. O secretário adiantou que a Prefeitura terá a contrapartida para a construção da marginal e de um ‘piscinão’ que será instalado naquela área, através de um empreendimento que será implantado nas imediações.

O secretário municipal de Planejamento, Marcelo Alexandre Soares da Silva, destacou a desapropriação amigável das áreas, que custou aos cofres públicos o valor simbólico de R$ 1,00.

O vice-prefeito Amauri Sodré falou que a construção das duas perimetrais “será a realização de um sonho; muitos pensaram em realizar esta obra, hoje nós estamos fazendo”.

O deputado estadual Edmir Chedid, que esteve presente à solenidade, disse que a luta foi grande para a conquista desses recursos. “São R$ 15 milhões de recursos do Governo do Estado para essas duas obras. Precisamos parabenizar o prefeito Jesus e o vice Amauri, os vereadores que aprovaram o financiamento para que a Prefeitura pudesse ter recursos para a execução desses projetos.

Projeto que levou muito tempo para ser desenvolvido. Houve a desapropriação e a família doou uma área de 120 mil metros por R$ 1,00 para que a perimetral possa acontecer. Esperamos que essa obra seja concluída o mais rápido possível”, disse Edmir.

As obras têm prazo de 6 meses para conclusão.

Conversas no Facebook