Cotidiano

Prefeitos relatam preocupação com turismo no próximo ano

publicado em 12 de agosto de 2020 - Por BJD
Leandro Luciano dos Santos (Aprecesp) e Edmir Chedid durante reunião em Bragança Paulista (AEC)

Os investimentos do governo estadual às estâncias e aos Municípios de Interesse Turístico (MITs) deverão ser menores no próximo ano se comparados aos destinados em 2020.

De acordo com o deputado Edmir Chedid (DEM), esta previsão se deve à crise econômico-financeira decorrente da pandemia do novo coronavírus, que provocou alterações nos cronogramas previstos ao setor.

Com menos investimentos, os gestores municipais já demonstram mais preocupação com o andamento de programas e projetos desenvolvidos a partir do repasse de recursos financeiros do governo estadual, por intermédio da Secretaria de Turismo, às prefeituras. “Infelizmente, muitas não possuem os recursos financeiros necessários para investir, por exemplo, na infraestrutura urbana, que é a principal linha de financiamento do governo estadual às estâncias e aos MITs”, disse Edmir.

O parlamentar garantiu que esta situação será ainda pior para as prefeituras do interior que não recebem grande número de turistas. “Algumas estâncias e MITs ainda estão se firmando neste cenário com base no apoio do governo estadual. Mas ante a queda dos investimentos do setor, muitos prefeitos já nos relataram suas dificuldades, principalmente em relação à conclusão de obras – visto que algumas são divididas em etapas – e ainda de serviços para alavancar o setor”, afirmou.

O assunto foi o principal tema abordado na reunião entre o deputado Edmir Chedid e os prefeitos que integram Associação das Prefeituras das Cidades Estância do Estado de São Paulo (Aprecesp), promovida no Palácio Santo Agostinho, sede da prefeitura de Bragança Paulista. Na ocasião, todos demonstraram ainda as incertezas com o setor aos que irão assumir as prefeituras (gestão 2021 – 2024).

A reunião contou com os prefeitos de Águas da Prata, Carlos Henrique Fortes Dezena; de Holambra, Fernando Fiori de Godoy; de Ibirá, Edvard Alberto Colombo; de Itanhaém, Marco Aurélio Gomes dos Santos; de Joanópolis, Mauro Garcia; de Morungaba, Marco Antonio de Oliveira; de Santa Rita do Passa Quatro, Leandro Luciano dos Santos – presidente da Aprecesp; de Serra Negra, Sidney Ferraresso; e de Santo Antônio do Pinhal, Clodomiro C. de Toledo Jr. O prefeito de Bragança Paulista, Jesus Chedid, participou da reunião por videoconferência;
“Nas próximas semanas, deveremos elaborar um documento para o governo estadual a fim de demonstrar a preocupação dos prefeitos com a suposta redução dos investimentos ao setor”, finalizou o parlamentar.

Conversas no Facebook