Cotidiano

Pelo segundo ano, trabalho de auditoria fiscal recupera mais de R$ 7,7 milhões ao Tesouro Municipal

publicado em 19 de janeiro de 2019 - Por BJD
Secretário Luciano Aparecido de Lima fez um balanço das finanças públicas do município Crédito: Gerson Gomes/Bragança-Jornal

Combate à evasão e sonegação fiscal rendeu R$ 14,8 milhões em dois anos. Aumento do IPM gerou mais ICMS em 2018 e município arrecadou cerca de R$ 20 milhões a mais que o previsto em receita

As finanças públicas de Bragança Paulista, ao que parece, estão nos eixos. Em entrevista ao Bragança-Jornal na terça-feira, 15 de janeiro, o secretário municipal de Finanças, Luciano Aparecido de Lima, fez um balanço das contas públicas e destacou ações importantes realizadas pela pasta, como o aumento do Índice de Participação dos Municípios (IPM); incremento de receita em cerca de R$ 20 milhões a mais que o previsto na Lei Orçamentária para 2018; o trabalho da auditoria fiscal que recuperou mais de R$ 7,8 milhões de impostos em 2018; devolução de recursos do Fundo de Pensão da Câmara; e a melhora do rating (nota de crédito) do município.

Matéria completa na edição impressa de sábado, 19 de fevereiro.