Cotidiano

Organizadores recebem donativos para tradicional festa em homenagem a Nossa Sra. Aparecida

publicado em 5 de outubro de 2019 - Por BJD
A festa de 2018 foi a última com a soltura de rojões; neste ano será feito um show pirotécnico

No próximo sábado, dia 12 de outubro, data consagrada a Nossa Senhora Aparecida, será realizada no Bairro do Lavapés, como ocorre há 37 anos, a tradicional celebração em homenagem à Padroeira do Brasil. E para que a festa tenha êxito, os organizadores já estão recebendo os donativos.

O Bragança-Jornal conversou nesta quinta-feira, 3 de outubro com Jaime Grasson, da Padaria Nova Cardoso, e Cilene Morais de Oliveira, da Banca da Cilene, no Mercadão.

Jaime é responsável por arrecadar fundos para os fogos de artifício, enquanto Cilene é encarregada das flores. “Neste ano, devido à proibição dos fogos de estampido, acontecerá um espetáculo pirotécnico ao meio-dia, mantendo a tradição, mas respeitando a lei. Será o primeiro ano sem fogos de rojões, mas será uma linda festa em homenagem à nossa mãe”, afirmou Jaime.

As pessoas que quiserem doar algum valor para os fogos podem ir diretamente à Panificadora Nova Cardoso ou também no Armazém do Vitor, no Bairro do Lavapés. Há um livro que consta o nome do doador.

Já na Banca da Cilene, o dinheiro é para a compra de rosas que serão distribuídas após a benção de um padre.
Segundo Cilene, as doações em espécie devem ser feitas até o dia 10 de outubro. Aqueles que quiserem doar rosas podem fazer até a véspera, dia 11.

Além da Banca da Cilene, a loja Barletta Calçados também recebe os donativos.
“É muito importante estar ali na presença de Nossa Senhora e agradecer, receber a benção do padre e levar para a casa um botão de rosa bento”, finalizou Cilene.

PROGRAMAÇÃO

A programação da festa começa às 11h00 com procissão junto ao andor com a imagem de Nossa Senhora Aparecida, que sai da Rua São João Batista. O ápice da homenagem ocorre na Praça Chico Major, no Lavapés, quando acontecerá a consagração e às 12h00 o show pirotécnico totalmente diferente dos anos anteriores, porém mantendo a tradição e obedecendo a lei que proíbe a queima de fogos de estampido no município. Após haverá a distribuição de rosas aos devotos.