Cotidiano

Obras do ‘piscinão’ da Rua Luigi Picarelli devem ser encerradas em breve

publicado em 15 de junho de 2019 - Por BJD
Foto: Gerson Gomes (BJD)

As obras do reservatório de detenção de cheias, o ‘piscinão’ que está sendo construído no Jardim Santa Helena, na Rua Francisco Luigi Picarelli, estão em vias de serem finalizadas.

Além da execução das obras do projeto que contempla o financiamento da Caixa Econômica Federal (CEF), a Administração trabalha com outras frentes, como as obras de contenção do assoreamento na região do Lago do Taboão e a desobstrução dos ribeirões e limpeza dos bueiros. Na implantação de sistema de proteção contra o assoreamento do Lago do Taboão serão construídas Bacia de Sedimentos S2, Caixa de Contenção S3 e Vertedouro, além de intervenções na comporta do Lago.

Integrando essas linhas de atuação, a Prefeitura conseguiu a desapropriação de uma área cerca de 6.000 m² situada no cruzamento da Rua Francisco Luigi Picarelli com a Avenida Salvador Markowicz, onde já existia um lago e se tornou o Reservatório de Detenção de Cheias.

De acordo com a Secretaria Municipal de Obras, no local já foram realizadas a recuperação e adequação do vertedouro, para tornar o lago uma bacia de retenção; a drenagem no entorno e recuperação da tubulação, bem como a desapropriação da área.

De acordo com a pasta, ainda faltam fazer no local o paisagismo, um leve desassoreamento e fechamento da área. A previsão é que as obras sejam finalizadas nos próximos meses.

O plano é aumentar a profundidade do lago para expandir sua capacidade de retenção de águas pluviais de fortes precipitações, que serão liberadas numa vazão menor para o sistema que integra o Córrego do Taboão, evitando alagamentos entre a Rua Luigi Picarelli e a cabeceira sul do Lago do Taboão.