Cotidiano

Nível do Sistema Cantareira continua abaixo do ideal

publicado em 14 de dezembro de 2020 - Por BJD
O volume atual do sistema é praticamente o mesmo de um mês atrás; variou apenas 0,4% no período (Arquivo Bragança-Jornal)

O nível do Sistema Cantareira, que abastece a região metropolitana de São Paulo, está em 32,9% de sua capacidade, de acordo com informação atualizada na manhã desta segunda-feira, 14 de dezembro, pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp).

O volume atual do sistema é praticamente o mesmo de um mês atrás, variando apenas 0,4% no período.

Pelos critérios da Sabesp, o sistema opera em nível de alerta quando o volume é igual ou inferior a 40%. Desde outubro, o volume tem funcionado dentro desse limite. No dia 3 daquele mês, o nível era de 40,7%.

O Sistema Cantareira é composto por seis represas: Atibainha, Cachoeira, Jacareí, Jaguari e Paiva Castro. No total, a capacidade de armazenamento é de quase 1 trilhão de litros de água. O tratamento da água é feito na estação de tratamento do Guaraú, a maior instalação de tratamento da Grande São Paulo.

Conversas no Facebook