Cotidiano

Munícipes levam reivindicações a membros do Conselho de Segurança

publicado em 31 de janeiro de 2020 - Por BJD
Membros do Conseg debateram diversos assuntos (Divulgação/Conseg)

Na última quarta-feira, 29 de janeiro, membros do Conselho Comunitário de Segurança de Bragança Paulista (Conseg) se reuniram para mais uma reunião ordinária e receberam cidadãos que reivindicaram maior policiamento em seus bairros.

A reunião ocorreu no salão nobre da Escola Estadual Cásper Líbero. Um morador da Vila Aparecida pediu maior policiamento na área, principalmente na Rua Itararé, pois há movimentação suspeita de pessoas e eventualmente a venda de drogas.

Outro cidadão, morador do Bairro Araras dos Pereira, zona rural, também solicitou aos membros Conseg maior policiamento no bairro. Integrante do Conselho, a Capitão PM Camila Cristina Brancalhão Martinho, afirmou que aquela região dos Araras está no mapa de policiamento, sendo objeto de diuturno acompanhamento, sendo disponibilizado policiamento a fim de dar suporte e segurança ao comércio rural.

Outro membro do Conseg, o delegado Sandro Montanari Ramos Vasconcellos, acrescentou que várias operações de delegacias especializadas, como a Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise), por exemplo, foram realizadas na região. Além disso, o delegado citou o estreitamento maior com a Rede Estadual de Educação.

Já a Capitão Camila apresentou os dados da criminalidade em Bragança Paulista, em que houve diminuição nos casos de roubos, latrocínio e outros tipos de delitos. “Esse resultado positivo se deve à parceria estabelecida com o Conseg, bem como e, naturalmente, com a sociedade como um todo”, afirmou.

Segundo o presidente do Conseg, Ézio Bernardo de Castro, a próxima reunião será no dia 4 de março em local a ser confirmado.