Cotidiano

Missionária no Haiti, freira brasileira relata a vida sofrida de um povo que passa fome

publicado em 15 de dezembro de 2018 - Por BJD

Há algumas semanas, a Congregação das Irmãs da ‘Fraternidade Esperança’, presente em Bragança Paulista há quase quatro décadas, recebeu a visita da Irmã Helena Schoreder, missionária no Haiti.

Em entrevista ao BJD, a religiosa, que está há dois anos em missão no país caribenho, relatou um pouco da vida sofrida daquele povo. “Há famílias em que mães e filhos, abandonados pelos maridos, não têm nada para comer. As mães, tão angustiadas, colocam bola de sal na boca e levam os filhos à Igreja para rezar, a fim de que esqueçam que estão com fome”, relata.

Matéria completa na edição impressa de sábado, 15 de dezembro.