Cotidiano

Mais de 4 mil pessoas se cadastraram na Acohab

publicado em 10 de fevereiro de 2020 - Por BJD
Novos associados precisarão voltar à Acohab para entrega dos documentos e efetivar cadastro

A Associação Comunitária de Habitação Popular de Bragança Paulista (Acohab) realizou no dia 2 de fevereiro, acolhimento para novos associados da entidade.

Mais de 4 mil pessoas que buscam moradia própria se inscreveram.  De acordo com o presidente da instituição, Bruno Leonardo Leme, o evento foi amplamente divulgado, estava previsto para iniciar às 8h00, no entanto, como havia um grande número de pessoas à frente da sede da Acohab, no Jardim da Fraternidade, nas primeiras horas de domingo, o início das atividades foi antecipado para as 7h00.

“Para atender todos os presentes, contamos com a colaboração de 55 associados que foram beneficiados no empreendimento ‘Bragança Paulista J’, além de diretores e funcionários. A metodologia utilizada para organizar o atendimento dos presentes se deu da seguinte maneira: foram realizadas 10 reuniões com a presença de 400 pessoas por reunião”, afirmou Bruno. “Foi permitida a entrada de apenas um representante de cada núcleo familiar presente e as reuniões tiveram a duração de 25 minutos cada.

A 11ª e última reunião foi destinada a portadores de deficiência auditiva e surdez, que contou com a colaboração da professora Malu Silva, interprete de Libras”, explicou.

Todas as famílias que assinaram a lista de presença contendo nome completo e RG estão aptas para se associarem. Os interessados terão que retornar à entidade entre os dias 10 e 29 de fevereiro para levar a documentação necessária.

O horário de atendimento será das 8h30 às 12h00 e das 14h00 às 18h00, na sede da Acohab, localizada à Rua Felipe Morales, 219, no Jardim da Fraternidade. “É de extrema importância que os futuros associados estejam com os seguintes documentos originais de todos os integrantes do núcleo familiar: RG, CPF, Título de Eleitor, Certidão de Nascimento, Certidão de Casamento, PIS, Carteira de Trabalho, último holerite, comprovante de residência, Certidão de Nascimento dos filhos/dependentes; e o número do CID em caso de deficiência”, detalhou Bruno.

Os novos associados poderão participar, obedecendo os critérios, de todos os programas habitacionais desenvolvidos pela instituição. “Também cabe ressaltar mais uma vez que pessoas que têm ou já tiveram casa, que não moram em Bragança Paulista ou que não têm seu título eleitoral devidamente registrado no município por no mínimo três anos, não podem ser contemplados”, afirmou o presidente da entidade.

A Acohab não realiza sorteio de unidades habitacionais. Esse tipo de atendimento, por sorteio, é feito pelo Poder Público, através do cadastro habitacional.

A Acohab é uma associação com personalidade jurídica de direito privado, de natureza associativa, apolítica, sem fins lucrativos, possui 387 associados e desenvolve políticas públicas de interesse habitacional na cidade, com o apoio de outras entidades, como por exemplo, a Associação Raios de Sol.