Cotidiano

Iniciadas licitações para revitalização e serviços no entorno do Lago da Hípica

publicado em 22 de janeiro de 2020 - Por BJD
Sabesp deve iniciar os serviços de desassoreamento nos próximos dias (Crédito: Gerson Gomes/Bragança-Jornal)

A Prefeitura iniciou na manhã de terça-feira, 21 de janeiro, as licitações para execução de serviços de revitalização no entorno do Lago da Hípica Jaguari e infraestrutura em vias de acesso ao local. Três empresas estão na disputa em cada certame.

Na licitação para a revitalização participam: Projinste Construções Ltda. EPP; RJC Sinalização Urbana Ltda.; e Darga Pavimentação e Terraplanagem Ltda. Já para as obras de infraestrutura participam as empresas RJC e Darga e também a Jofege Pavimentação e Construção Ltda.

Durante o pregão presencial, foram abertos os envelopes das empresas e apresentados os documentos de habilitação das participantes e os valores estimados para tais obras. As propostas entregues pelos representantes das empresas serão analisadas e posteriormente divulgadas no Diário Oficial do Estado, Imprensa Oficial e site da transparência.

Os serviços que serão realizados têm como objetivo transformar o local em um parque ao redor de todo o lago, com trabalhos de infraestrutura, equipamentos de lazer e paisagismo. Além disso, também está prevista a pavimentação das ruas que dão acesso ao local, como medida de contenção dos sedimentos e para evitar novo assoreamento do lago.

DESASSOREAMENTO

Durante a visita do governador em exercício, Rodrigo Garcia, à cidade nesta quarta-feira, 22, foi assinada a ordem de serviço para início dos trabalhos de desassoreamento e recuperação do Lago da Hípica. Dentre as ações a serem realizadas estão a adequação das margens do lago, a construção de um barramento e a remoção e destinação correta de matéria orgânica acumulada no lago. A previsão é que as obras sejam concluídas até dezembro.

“Trata-se de uma revitalização importante para a região da Hípica. Uma obra de saneamento e de infraestrutura que manterá a água do lago limpa e evitará o seu transbordamento nos dias de chuva”, disse o governador em exercício.
O prefeito Jesus Chedid cobrou da Sabesp um serviço eficiente e não um “meia-boca”.

A Sabesp irá investir R$ 3,7 milhões no desassoreamento. Na mesma solenidade, o deputado Edmir Chedid adiantou que a Prefeitura irá fazer um Parque Linear ao redor naquela área.