Cotidiano

Iniciada construção da 2ª caixa de retenção de sedimentos no Lago do Taboão

publicado em 21 de setembro de 2020 - Por BJD
Serviços estão sendo realizados na Avenida Alpheu Grimello, da esquina com a Avenida Salvador Markowicz (SECOM)

A Prefeitura está dando continuidade às obras de combate ao assoreamento no Lago do Taboão. Recentemente foram iniciados os trabalhos de construção de uma caixa de retenção de resíduos sólidos no trecho da Avenida Alpheu Grimello, da esquina com a Avenida Salvador Markowicz.

Já foram realizados no local os serviços de topografia e locação da obra, escavação do primeiro trecho de intervenção e início das paredes de contenção com ‘gabiões’ tipo caixa. A obra está sendo executada pela empresa Tera Incorporadora e Construtora Ltda.

A primeira caixa de retenção foi construída em 2019 na rotatória da Praça São Francisco, para conter os sedimentos oriundos da região da via Norte Sul. Esta obra foi realizada pela empresa Jofegê Pavimentação e Construção Ltda, que venceu a licitação para executar três serviços, mas realizou apenas um.

O contrato com a empresa foi rescindido e a Prefeitura chamou a segunda colocada do certame para realizar o restante dos trabalhos.

Além da caixa de contenção que esta sendo executada, a Prefeitura fará readequação do vertedouro do lago.
As obras atendem a demanda do Ministério Público Ambiental.

O plano para conter o assoreamento foi construir bacias para retenção e sedimentação, que serão periodicamente limpas para não permitir a passagem dos sólidos ao Lago do Taboão. Tais bacias foram projetadas em locais adequados, sem interferências nas construções existentes, áreas verdes instituídas de loteamentos e evitando-se supressão desnecessária de vegetação.

Conversas no Facebook