Cotidiano

‘Guardiã Maria da Penha’: 190 mulheres já foram assistidas pelo projeto

publicado em 18 de maio de 2019 - Por BJD
Da esq. para a dir.: GCM Valença, o secretário Bertin e a GCM Karen (Crédito: Gerson Gomes/Bragança-Jornal)

Desde que foi implantado no município, no final de 2015, o Projeto ‘Guardiã Maria da Penha’ já assistiu 190 mulheres vítimas de violência doméstica, que possuem medida protetiva concedida pela Justiça.

Em entrevista ao Bragança-Jornal nesta semana, o secretário municipal de Segurança e Defesa Civil, Dorival Francisco Bertin, acompanhado das guardas civis municipais e coordenadoras do projeto, Karen Silva e Carmelita Valença, informaram que atualmente 23 mulheres são monitoradas pelo programa.

Matéria completa na edição impressa de sábado, 18 de maio.