Cotidiano

Fundadora da ONG Pequeno Mundo recebe título de Cidadã Bragantina

publicado em 17 de agosto de 2019 - Por BJD
Beth Chedid, Edemir Pinto, Daysimar Méssici Pinto e Paulo Mário (Crédito: DCI)

A Câmara Municipal realizou na quarta-feira, 14, solenidade de entrega do título de cidadã bragantina a Daysimar Méssici Pinto, fundadora e diretora da Associação Pequeno Mundo.

Autor da iniciativa, o vereador Paulo Mário Arruda de Vasconcellos, justificou a escolha da diretora da ONG Pequeno Mundo, que atende 130 adolescentes da cidade desde outubro de 2018. “Durante os quatro anos de mandato, cada vereador tem direito a conceder um único título de cidadão bragantino. Para escolher a pessoa que será homenageada, adotei como critério ouvir da população o nome das pessoas que merecem destaque e que de maneira ímpar atuam em causas humanitárias ou que exercem suas profissões com grandeza, e assim é possível termos contato com belíssimos projetos. Você, Dayse, conquistou essa homenagem pela voz do jovem que participa do projeto Pequeno Mundo e nos assegura que essa oportunidade o levou a repensar sua vida e a acreditar em um futuro promissor”, disse o vereador Paulo Mário.

Mantenedor da ONG Pequeno Mundo e marido da homenageada, o executivo Edemir Pinto falou sobre os laços da família com o município. “Há muito tempo buscávamos uma área para desenvolver um projeto, que seria um orfanato, então visitamos várias cidades. De repente surge uma planta de Bragança Paulista. Visitamos a cidade e fomos escolhidos por ela. Faço um agradecimento especial ao promotor de Justiça Ricardo Zampieri, pelo apoio para que o projeto fosse viabilizado e nos mostrou a real necessidade do município”, destacou.

Durante a solenidade, os administradores da ong informaram que a partir de 2020 devem ampliar a capacidade de atendimento, passando de 160 para 300 jovens em formação técnica com carga-horária de 700 horas.

Visivelmente emocionada, Daysimar lembrou dos familiares, funcionários e alunos da ONG durante o discurso de agradecimento ao vereador Paulo Mário pela indicação, e aos demais vereadores pela aprovação por unanimidade, para a concessão do título de cidadã bragantina. “Muitos perguntam por que escolhemos Bragança Paulista, e digo que fomos levados pela energia do bem e do amor e chegamos a esta cidade, da qual faço parte, e honrosamente recebo esta homenagem, que será eternizada em meu coração”, finalizou.