Cotidiano

Fesb: Empresa Júnior aproxima aluno do mercado de trabalho

publicado em 4 de setembro de 2019 - Por BJD
Projeto no rancho 4M - Reforma de pastagem. Crédito: Divulgação / FESB

Um grupo de dez universitários com idade entre 20 e 25 anos, que embora não tenham completado a formação acadêmica, já ajudaram diversos produtores e empresários do agronegócio a encontrarem soluções para alavancar as suas produções.

O grupo, composto por estudantes de Engenharia Agronômica e Medicina Veterinária, forma a primeira Empresa Júnior da Fundação de Ensino Superior de Bragança Paulista (Fesb).

Gerida pelos próprios estudantes, a ‘Fesb Júnior’ tem como objetivo fomentar o aprendizado prático do universitário e aproximá-lo do mercado de trabalho. A empresa presta serviços de consultoria agropecuária em Bragança Paulista e região, com orientação dos professores da entidade. Sem fins lucrativos para os empresários juniores, os fundos de investimento gerados servem para serem reinvestidos em capacitação.

“É uma grande oportunidade de pôr a mão na massa mesmo. O estudante pode praticar o que aprende em sala de aula prestando serviços e adquirindo muito mais experiência. Ter um cargo de gestão, por exemplo, traz mais autonomia e segurança”, afirmou Nataly Oliveira, diretora presidente da Fesb Júnior. Entre os trabalhos já prestados pela empresa estão: reforma de pastagem, projeto para produtor de café, projeto para criação de bovinos e equinos e projetos comunitários para escolas públicas.

Para a coordenadora do curso de Engenharia Agronômica, Profª. Dra. Cíntia Carla Avalhães Zancheta, a Fesb Júnior é mais um diferencial da graduação. “Além de proporcionar a vivência prática do conteúdo aprendido em sala de aula, a empresa júnior oferece oportunidades para o aluno aperfeiçoar competências e habilidades, que o tornará um profissional melhor preparado para ingressar no mercado de trabalho”.