Cotidiano

Escola Estadual José Guilherme comemora 102 anos

publicado em 7 de maio de 2022 - Por BJD

Fundado em 23 de abril de 1920, a Escola Estadual José Guilherme é o segundo ‘Grupo Escolar’ mais antigo de Bragança Paulista, atrás apenas da Escola Municipal Dr. Jorge Tibiriçá (de 1897).

Quem vê a escola funcionando na Rua Dona Carolina, no Bairro do Lavapés, talvez nem imagine que não foi sempre assim. O prédio que hoje é frequentado por 482 alunos foi inaugurado na década de 1940. Antes, as aulas aconteciam em um casarão na Rua Barão de Juqueri, no Centro, próximo à Santa Casa.

Atualmente o colégio conta com turmas do Ensino Fundamental regular (6º ao 9º ano) e da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Para a diretora da Escola Estadual José Guilherme, Juliana Prado, mantê-la funcionando representa a preservação da história da cidade.

“Ver que nossa escola formou e segue formando cidadãos e cidadãs, contribuindo com o desenvolvimento de Bragança Paulista depois de tantos anos, é gratificante. Me sinto honrada em poder fazer parte dessa história, ainda mais em uma data tão especial como o aniversário de 102 anos”, celebrou Juliana.

José Guilherme

O nome da escola é uma homenagem a José Guilherme Christiano. Nascido em 1837, em Camanducaia-MG, José Guilherme fixou residência em Bragança Paulista. Ele era professor, gostava de literatura e foi fundador do Clube Literário e Recreativo.

Campanha e tombamento

Em 1936, foi lançada a pedra fundamental do prédio onde hoje funciona a Escola Estadual José Guilherme. O anúncio da construção e a conclusão do espaço, anos depois, ocorreram após intensa luta dos bragantinos sobre a necessidade da obra.

O casarão onde os alunos estudavam foi interditado e, antes da inauguração do novo prédio, as aulas chegaram a ser oferecidas no Grupo Escolar Jorge Tibiriçá. Em 2013, o atual prédio da escola foi tombado pelo patrimônio histórico do município.

Conversas no Facebook


Secured By miniOrange