Cotidiano

Emocionadas, 168 famílias recebem chaves de apartamentos

publicado em 12 de fevereiro de 2020 - Por BJD
Secretário de Habitação, Flávio Amary, entrega uma das 168 chaves para futura moradora do conjunto habitacional (Gerson Gomes/Bragança-Jornal - 12/02/2020)

A manhã desta quarta-feira, 12 de fevereiro, foi marcada pela emoção durante solenidade de entrega das chaves dos apartamentos do Residencial Bragança J para 168 famílias carentes, que há anos lutavam pelo tão sonhado lar próprio.

Diversas autoridades estiveram presentes, entre elas o prefeito Jesus Chedid, o vice Amauri Sodré, o secretário de Estado da Habitação, Flávio Amary, vereadores, secretários municipais, além dos representantes do Grupo de Saúde Raios de Sol, Antonia Francisco e Claudio Firmino, entidade responsável pelo empreendimento, e o presidente da Associação Comunitária de Habitação (Acohab), Bruno Leme, bem como representantes da Caixa Econômica Federal e da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU).

Todos que compuseram a mesa de honra se pronunciaram. Claudio Firmino, representante da Raios de Sol, destacou que o Bragança J é o exemplo que uma comunidade simples, mas organizada, consegue o bem para o povo. “Não precisamos de esmolas, mas de apoio dos governantes para eliminar o déficit habitacional da cidade”, afirmou.
Num discurso emocionado, a presidente da entidade, Antonia Francisco, falou do sonho que estava realizando ao ajudar as pessoas a conquistarem a casa própria.

Bruno Leme disse que o Bragança J pode ter sido o último empreendimento via Minha Casa Minha Vida Entidades (MCMVE), devido à nova política do Governo Federal na área de habitação. Afirmou que a Acohab tem novos projetos e um deles, que está mais avançado, é para a construção de 560 moradias. Ele pediu apoio à Prefeitura e à Secretaria de Habitação.

O prefeito Jesus Chedid disse que a política se faz para o bem da população, destacou que a área foi doada pela Prefeitura e lembrou do apoio dado pela Administração para o andamento das obras.

O secretário de Habitação Flávio Amary encerrou os discursos, e afirmou que o governo estadual sabe da importância da moradia própria e está trabalhando para as famílias mais carentes. Citou também que já está em tratativa um pedido do deputado Edmir Chedid relacionado à área da antiga fábrica Austin, no Parque Brasil, para a construção de novas moradias. Por fim, pediu aos novos moradores que não vendessem ou alugassem suas casas. “Vocês foram escolhidos e abençoados por Deus. Cuidem do que é de vocês e ajudem a fiscalizar”, finalizou.

Após os discursos e descerramento das placas de inauguração, algumas famílias receberam, simbolicamente, as chaves das casas das mãos das autoridades.

Muitos presentes não conseguiram segurar as lágrimas, visto que pagam aluguel há anos e há muito tempo lutam para ter a tão sonha casa própria. Após a entrega das chaves, as autoridades visitaram um dos apartamentos.