Cotidiano

Eleitores que ainda não fizeram biometria já podem regularizar título

publicado em 6 de janeiro de 2020 - Por BJD
Na manhã desta segunda-feira, 6, uma pequena fila de eleitores foi registrada em frente ao cartório da 27ª Zona Eleitoral, no Largo do Ovo (Crédito: Gerson Gomes/Bragança-Jornal (06/01/2020))

Os eleitores que perderam o prazo para cadastrar suas digitais já podem fazer a regularização do título. Os cartórios eleitorais estão atendendo a população com horário agendado pela internet e também a livre demanda.

Segundo Marcos Mori, chefe do cartório da 27ª Zona Eleitoral, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP) está processando o cancelamento dos títulos de eleitor, que pode levar cerca de 45 dias. Mesmo que o título seja cancelado pela Justiça Eleitoral, o eleitor terá até início de maio para a regularização, data que o TRE fecha o cadastro de eleitores para as eleições municipais de 4 de outubro de 2020 (1º Turno).

Após esse primeiro prazo, somente a partir de novembro é que o eleitor poderá regularizar a situação. Também não há incidência de qualquer tipo de multa em razão da ausência do eleitor neste ciclo de revisão biométrica.

Em Bragança Paulista a biometria é obrigatória. Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 105.297 (80,82%) eleitores cadastraram as digitais; 24.989 não fizeram.

Os documentos necessários para a regularização são: documento de identidade oficial, comprovante de endereço recente e título de eleitor, se tiver. A única consequência do cancelamento do titulo é a ausência de quitação eleitoral, situação que impede momentaneamente o eleitor de renovar passaporte, fazer matrícula em instituições de ensino superior, tomar posse em concursos públicos e fazer empréstimos em bancos estatais.

Neste mês de janeiro, os cartórios eleitorais atendem das 12h00 às 17h00. A partir de fevereiro, o expediente voltará ao normal, das 12h00 às 18h00.