Cotidiano

Desinformação: é falso que haverá voto pelo celular

publicado em 23 de outubro de 2020 - Por BJD

É falso que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) permitirá que o eleitor vote por meio do celular ou da internet nas Eleições 2020.

Não houve nenhuma mudança no sistema eleitoral para o pleito municipal, que continuará sendo realizado de forma presencial, com votação pela urna eletrônica, diz a Corte.

A Justiça Eleitoral se manifestou publicamente sobre o assunto após circular nas redes sociais um vídeo com o título: “Fim das urnas: TSE preparou surpresinha para o dia das eleições: ‘votamos por você’”. Nele, afirma-se que o Tribunal Superior teria aprovado a votação por celular nas eleições de 2020. A informação é falsa.

O vídeo desinforma ao usar parte de dados referentes ao projeto Eleições do Futuro, lançado pelo TSE em setembro e que pretende estudar maneiras de evoluir o sistema de voto eletrônico.

Uma das iniciativas foi a abertura de um edital para que empresas de tecnologia apresentem propostas e soluções de votação, principalmente via internet. Nenhuma dessas ideias, no entanto, será implementada nas eleições deste ano. Haverá apenas a demonstração gratuita das tecnologias que possuem para que o Tribunal depois avalie.

Conversas no Facebook