Cotidiano

Construção de imóveis do projeto Vida Longa terá início neste mês

publicado em 31 de julho de 2020 - Por BJD

A Prefeitura de Bragança Paulista confirmou para este mês o início da construção dos 26 imóveis do Programa Vida Longa, projetados com a finalidade de atender as necessidades habitacionais de idosos que vivem sozinhos e em situação de vulnerabilidade social.

A iniciativa contempla reivindicação do deputado Edmir Chedid (DEM) ao Governo do Estado de São Paulo.

Os imóveis serão construídos uma área próxima à EM Profª Marilis Reginato Abi Chedid, no Jardim Vista Alegre. Cada unidade contará com área de serviço, banheiro, cozinha, dormitório e sala de estar conjugados. E para promover maior socialização dos moradores, “em Bragança Paulista o empreendimento contará com pista de caminhada, salão de convívio com área gourmet, horta elevada, paisagismo e outros benefícios. Esta também era uma reivindicação do prefeito Jesus Chedid e do vice-prefeito Amauri Sodré, que demonstraram preocupação com os idosos e também com os demais projetos relacionados”, afirmou o parlamentar.

O Programa Vida Longa é uma parceria entre o governo estadual, que destina os recursos financeiros à CDHU para a execução do empreendimento, e a prefeitura, que fará a seleção dos beneficiários a partir de critérios estabelecidos em legislação específica. “Também reivindiquei este benefício aos demais municípios da nossa região”, finalizou o deputado Edmir Chedid.

SP LIBERA MAIS R$ 1,9 MILHÃO A MUNICÍPIOS

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional (SDR) confirmou na última quarta-feira, 29 de julho, a liberação de mais R$ 1.950.000,00 referentes às emendas impositivas do deputado Edmir Chedid (DEM) ao orçamento do governo estadual. O valor será destinado a 11 municípios, garantindo a manutenção de programas de assistência social, cultura e infraestrutura urbana.

As emendas impositivas, relacionadas às indicações do parlamentar ao orçamento do governo estadual, não podem sofrer alterações. “Na prática, significa que o recurso financeiro deve ser destinado para as entidades e as prefeituras indicadas ao Poder Executivo. Neste caso, essas indicações ocorreram no fim do ano passado, como previsto pela legislação, garantindo o benefício à comunidade”, afirmou Edimir.

Do valor total obtido, R$ 450 mil serão destinados para programas de assistência social em Águas de Lindoia (R$ 100 mil à reforma do Lar São Camilo de Lélis), Cachoeira Paulista (R$ 150 mil à construção de quadra poliesportiva na Associação Religiosa Santa Terezinha do Menino Jesus) e Piedade (R$ 100 mil para a reforma da AMAR – Associação de Amparo às Crianças e aos Adolescentes – e mais R$ 100 mil para a adequação externa da infraestrutura e reforma do Educandário Lar de Jesus).

Amparo receberá R$ 100 mil para a compra de instrumentos musicais, conforme a indicação realizada ao programa cultural. Por fim, o parlamentar garantiu mais R$ 1,4 milhão para os programas de infraestrutura urbana: Bragança Paulista (R$ 300 mil), Brotas (R$ 150 mil), Itararé (R$ 150 mil), Joanópolis (R$ 200 mil), Nazaré Paulista (R$ 250 mil), Piracaia (R$ 200 mil) e Tuiuti (150 mil).

“É importante destacar que tanto as entidades quanto os municípios contemplados tiveram que comprovar, por meio do envio de documentos, a utilização desses valores obtidos a partir da indicação impositiva para o orçamento. Desta forma, pudemos manter a política de transparência relacionada ao repasse de recursos financeiros”, disse.

Em relação às emendas impositivas, o deputado Edmir Chedid também destacou a importância da liberação de R$ 2.460.000,00 pelo governo estadual para 13 municípios. O valor – liberado no início de abril – garantiu a manutenção e a consequente ampliação de programas e projetos instituídos na área da saúde. “Isso foi fundamental para auxiliar as prefeituras durante a pandemia”, comentou.

A atividade parlamentar garantiu o repasse para a prefeitura de Atibaia (R$ 100 mil), Bragança Paulista (R$ 300 mil), Bom Jesus dos Perdões (R$ 100 mil), Igaratá (R$ 100 mil), Itapetininga (R$ 200 mil), Jarinu (R$ 180 mil), Lindoia (R$ 150 mil), Monte Alegre do Sul (R$ 150 mil), Morungaba (R$ 180 mil), Pedra Bela (R$ 100 mil), Pedreira (R$ 100 mil), Pinhalzinho (R$ 300 mil), Serra Negra (R$ 200 mil) e Socorro (R$ 100 mil). Além das prefeituras, o parlamentar também destinou R$ 200 mil ao Gastrocentro da Universidade Estadual de Campinas.

Conversas no Facebook