Cotidiano

Com chuvas bem abaixo do esperado, Sistema Cantareira fica próximo do estado de alerta

publicado em 30 de setembro de 2020 - Por BJD
Termômetro da Praça Raul Leme marcava 36ºC na tarde desta quarta-feira, 30

Com o registro de apenas 22,2mm de chuva no mês de setembro, o Sistema Cantareira está bem próximo de entrar no estado de alerta, quando fica 40% abaixo de sua capacidade de armazenamento de água.

Segundo dados da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), neste mês o Cantareira registrou queda de 6,4% do nível, saindo de 47,9% em 31 de agosto para 41,5% em 30 de setembro.

Com esse percentual de 41,5%, o Sistema Cantareira ainda está no estado de atenção, estágio em que entrou no dia 21 de maio, quando atingiu a marca de 59,7%. Dessa data em diante as quedas são constantes devido à estiagem.

Vista parcial da Represa Jaguari/Jacareí, que integra o Sistema Cantareira que está com 41,5% da capacidade de água

Em maio, por exemplo, choveu apenas 11,8mm, bem abaixo da média histórica de 77,2 mm. Junho foi atípico e choveu mais que a média, com 75,3 mm (a média de chuva para o mês é de 63,4 mm). No mês de julho, a precipitação foi de apenas 6,9 mm, para uma média histórica de 47,7 mm. Em agosto, choveu um pouco acima da média, 44,6 mm, para uma média de 35,1mm.

As regras da operação anticrise hídrica publicada pela Agência Nacional de Água (ANA) em 2017, determinam que o sistema entre automaticamente na faixa 3, de estado de alerta, quando ficar abaixo de 40%. Acima de 40% até 59,9%, o estado é de atenção; para ser considerado normal, o nível precisa chegar a 60%.

O sistema abastece cerca de 7,5 milhões de pessoas por dia, 46% da população da Região Metropolitana de São Paulo, segundo a Agência Nacional de Águas (ANA). Em 2014, o Estado de São Paulo vivenciou a maior crise hídrica da história, chegando a operar com o ‘volume morto’ (reserva de água profunda das represas).

CALOR

O calor não deve dar trégua nos próximos dias. Segundo o Climatempo, para esta quinta-feira, 1º de outubro, a temperatura máxima deve chegar a 38ºC. Haverá sol, com algumas nuvens, mas não chove. Na sexta-feira, 2, também será um dia muito calor, podendo chegar novamente a 38ºC, no entanto com possibilidades de pancada de chuva à noite. No fim de semana a temperatura deve cair cerca de 10ºC. A máxima no sábado, 3, deve ser de 28ºC; e no domingo, 26ºC. Não há previsão de chuva.

Conversas no Facebook