Cotidiano

Centro de Ressocialização realiza 5ª Jornada da Cidadania e Empregabilidade

publicado em 17 de junho de 2019 - Por BJD
Durante os próximos dias, reeducandos participarão de palestras e diversas atividades (Crédito: Gerson Gomes)

O Centro de Ressocialização (CR) Enfermeiro Ângelo Fernando Baratella, de Bragança Paulista, realiza nesta semana a 5ª Jornada de Cidadania e Empregabilidade.

Nesta semana, os reeducandos, como são chamados os detentos que cumprem as penas no CR, terão oportunidade de participar de palestras motivacionais e de empregabilidade, acesso a diversos serviços como expedição de documentos (RG, CPF e Carteira de Trabalho), atendimentos jurídicos, sociais, religiosos e sobre saúde pessoal.

O objetivo é oferecer aos reeducandos um conjunto de serviços essenciais para auxiliá-los na retomada da vida em liberdade, trazendo para dentro do sistema prisional um mutirão de ações que fornecem importantes ferramentas no processo de reintegração social.

A abertura da 5ª Jornada da Cidadania e Empregabilidade foi realizada na manhã dessa segunda-feira, 17 de junho. A diretora do CR, Solange Elias da Costa, afirmou da possibilidade de reinserção à sociedade que o reeducando têm em mãos. “Quem comete um delito tem que ser responsabilizado e nunca vocês podem perder a esperança de serem ressocializados”, afirmou a diretora.

O CR possui diversas parcerias, entre elas com a Prefeitura de Bragança Paulista, a Defensoria Pública, a Justiça, bem como entidades religiosas.

A juíza corregedora do Departamento Estadual de Execuções Criminais (Deecrim), Luciana Neto Rigoni, salientou que a Jornada da Cidadania e Empregabilidade tem um “olhar de esperança. É um conjunto de ações que pode trazer uma vida digna. O cárcere não é uma punição, mas sim um tempo de reflexão”, disse.

Benno Buchman, defensor público, afirmou que a jornada vem de encontro à cidadania dos reeducandos. O evento ainda contou com a participação do vereador Sidinei Guedes, representando o Legislativo bragantino.

A cerimônia de abertura da 5ª Jornada da Cidadania e Empregabilidade teve um momento gospel com a Alessandra Preto e um momento de descontração com o palhaço “Dr. Tico Tico”, do “Projeto Rir para Sarar”.

A jornada acontece em três dias e é uma iniciativa é liderada pela Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) nas unidades prisionais do estado, com calendários alternados.