Cotidiano

Cabeleireiros protestam

publicado em 31 de julho de 2020 - Por BJD

Na última quarta-feira, 29 de julho, um grupo de profissionais da área de beleza (salões de cabeleireiros e barbearias) fez um protesto em frente à Prefeitura para reivindicar a retomada das atividades dentro dos estabelecimentos.

O Plano São Paulo, na sua fase laranja, não permite a abertura de salões de cabeleireiros e barbearias, no entanto a Prefeitura permitiu que eles atendessem em domicílio. Mas os profissionais do setor são categóricos ao afirmar que há um controle maior das regras sanitárias quando o atendimento ocorre dentro dos salões.

Questionada, a Prefeitura informou que, por determinação judicial, segue o Plano São Paulo, e ele proíbe a abertura dos salões de beleza. “Se dependesse da Prefeitura, os salões de beleza estariam abertos”, afirmou.

Conversas no Facebook