Cotidiano

Bragança é contemplada com unidade do Centro de Longevidade Ativa

publicado em 6 de abril de 2022 - Por BJD
SECOM

A finalidade é ofertar atendimento e inclusão social a pessoas acima de 50 anos em situação de vulnerabilidade do município

 

A secretária de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo, Célia Parnes, anunciou a a construção de uma unidade do Centro de Longevidade Ativa em Bragança Paulista, durante reunião com o vice-prefeito Amauri Sodré, na sede da Secretaria, em São Paulo.

 

O Governo do Estado de São Paulo fará repasse de cerca de R$ 900 mil ao município para a construção do novo equipamento, com atenção voltada à qualidade de vida e longevidade.

 

Também participaram da reunião a secretária de Ação e Desenvolvimento Social (SEMADS), Sandra Teixeira, o deputado estadual Edmir Chedid, que agendou a audiência em São Paulo, e representantes do município de Atibaia.

 

O Centro de Longevidade Ativa faz parte do programa SP Amigo do Idoso, com a finalidade de ofertar atendimento e inclusão social a pessoas acima de 50 anos em situação de vulnerabilidade, para fortalecer os vínculos dessa população com seus familiares, sociedade e demais participantes.

 

“O Centro de Longevidade Ativa já foi autorizado pelo Governo do Estado de São Paulo para ser implantado em Bragança Paulista. Em breve, o município terá à disposição todos os benefícios previstos pelo Centro”, disse a secretária de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo, Célia Parnes.

 

De acordo com a secretária da SEMADS, Sandra Teixeira, o Centro de Longevidade Ativa será instalado em uma área de 1080 m², no loteamento Recanto dos Ipês, no Bairro do Toró. “É um terreno bem localizado e amplo, que vai permitir desenvolver esse novo trabalho de assistência social para um grande número de pessoas”, disse a secretária.

 

“A unidade terá ações que vão promover a inclusão produtiva, com incentivo às carreiras e ao empreendedorismo, incluindo apoio à formação profissional, bem como às atividades envolvendo tecnologia”, ressaltou o deputado estadual Edmir Chedid.

 

“Fico muito feliz por ter esse pedido tão importante atendido. O Centro de Longevidade Ativa será um espaço voltado ao acolhimento, atendimento e inclusão de pessoas com 50 anos ou mais, contribuindo diretamente com a melhoria da qualidade de vida”, finalizou o vice-prefeito Amauri Sodré.

Conversas no Facebook


Secured By miniOrange