Cotidiano

Aulas presenciais da rede estadual e municipal começam em 1º de fevereiro

publicado em 13 de janeiro de 2021 - Por BJD
Em audiência virtual realizada nesta quarta-feira, o Governo de São Paulo apresentou o programa de volta às aulas aos 645 prefeitos do estado (Secom)

Segundo o Governo do Estado, nenhum caso de transmissão de Covid-19 foi registrado nas 2.800 escolas que retornaram com aulas presenciais

A Prefeitura definiu nesta quarta-feira, 13 de janeiro, o retorno gradual das aulas a partir de 1º de fevereiro. Pela manhã, o prefeito Jesus Chedid, o vice-prefeito Amauri Sodré e o secretário municipal de Educação em exercício, Sérgio José Fagundes Júnior, participaram de uma audiência virtual com o governador João Doria, o vice-governador Rodrigo Garcia, e os secretários de estado de Educação, Rossiele Soares, e de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, para alinhar a volta às aulas em 2021 e o apoio aos municípios paulistas na primeira infância.

De acordo com a Secretaria Estadual de Educação, desde a abertura de mais de 2.800 escolas, em 8 de setembro de 2020, não houve registro de casos de transmissão em ambiente escolar.

Na Educação Básica, o retorno gradual da volta às aulas será de acordo com o que determina o Plano São Paulo. Nas fases vermelha (1) e laranja (2) estão permitidas as presenças de até 35% dos alunos em sala de aula; na fase amarela até 70%; e na fase verde até 100% dos alunos. Os protocolos de segurança devem ser cumpridos em todas as fases. Já as instituições de ensino superior poderão funcionar na fase amarela com até 35% das matrículas, e na fase verde com até 70%. Nas etapas vermelha e laranja, elas não estão autorizadas a funcionar.

O prefeito Jesus Chedid destacou a importância da volta às aulas com toda a segurança aos alunos, professores e demais profissionais da Educação. “Bragança voltará às aulas gradativamente, de acordo com o cronograma do Estado, a partir de 1º de fevereiro.

A Prefeitura está preparada para isso. A Secretaria de Educação já tem todos os equipamentos necessários para os funcionários, professores e alunos. É um trabalho efetivo da nossa equipe”, afirmou o prefeito. “Devemos ouvir os cientistas, os médicos, e nos prevenir. Não podemos privar os alunos das aulas”, finalizou Jesus Chedid.

A retomada das aulas presenciais na rede estadual também ocorrerá no próximo dia 1º de fevereiro.

RECLASSIFICAÇÃO DO PLANO SP

O Governo do Estado também anunciou a antecipação da reclassificação do Plano São Paulo para esta sexta-feira, dia 15. A última atualização foi feita na sexta-feira, 8 de janeiro, quando quatro regiões do estado regrediram para a Fase Laranja, por conta da piora dos índices de avaliação da pandemia.

Conversas no Facebook