Cotidiano

Após anos de entraves, creche do Jardim São Miguel é concluída

publicado em 3 de julho de 2020 - Por BJD
SECOM

Na tarde da última quarta-feira, 1º de julho, a Prefeitura realizou a entrega da creche escola no Jardim São Miguel, que levará o nome de “Monsenhor José Lélio Mendes Ferreira”.

Esta obra passou por diversos entraves. O convênio junto ao Governo Federal para a implantação da unidade foi assinado em 2011, sendo a ordem de serviço autorizada em meados de 2012.

Quando a atual Administração assumiu a Prefeitura em 2017, a obra estava parada há quase dois anos, além disso, averiguou-se que muitos serviços executados no local estavam depredados e muitos materiais furtados, como o caso do telhado. Após o trabalho de alinhamento junto ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), a Administração conseguiu reaver o convênio e não devolver o valor total do contrato.

Depois disso, a Prefeitura abriu licitação e uma nova empresa foi contratada. A unidade padrão FNDE Pró-infância conta com 8 salas de aula, mais 2 salas de apoio, lavanderia, cozinha, entre outros ambientes e atenderá de 120 a 150 crianças de 4 meses a 3 anos de idade, em período integral ou meio período (manhã e tarde).

“Esta foi uma grande luta da Administração. Encontramos uma obra com 50,44% executada, um convênio objeto de investigação por parte do Ministério Público, estava tudo um abandono total. Hoje estamos entregando à população mais uma escola concluída, mobiliada, em condições de receber com carinho as crianças do bairro. Obrigado a todos que colaboraram para realização de mais esse sonho”, celebrou o prefeito Jesus Chedid em vídeo gravado.

O deputado estadual Edmir Chedi ressaltou o trabalho para a retomada da obra. “Eu acompanhei a Administração no início do mandato, fomos a Brasília e fizemos um acordo com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação para resolver a situação que nos deparamos aqui, já que a obra não estava concluída e a Prefeitura teria que devolver tudo que recebeu, com juros e correção. Acordamos que a Prefeitura terminaria a obra, colocando um aditivo financeiro para fazer o restante”, disse.

O secretário municipal de Educação, Adilson Moreira Condesso, explicou que a implantação da unidade foi um dos maiores desafios encontrados desde o início dos seus trabalhos junto à pasta. “Esta obra é mais um marco da nossa Administração, que já revitalizou 44 escolas, realizou todo trabalho de acessibilidade necessário nas unidades de ensino, além de todo o apoio que tenho recebido da Gestão para desenvolvimento de ações pedagógicas. Quando chegamos no local em 2017, não conseguimos sequer chegar próximo, pois não havia acesso adequado, havia mato e entulho por todo lado. É com imensa satisfação e gratidão que entregamos esta creche para a comunidade”, ressaltou.

Para a mobilidade e acesso adequado à creche escola, foi implantada uma via local, a qual recebeu toda infraestrutura necessária como a pavimentação e a instalação de guias e sarjetas.

Conversas no Facebook