Cotidiano

Alunos do EEMABA se mobilizam e conseguem cadeira de rodas para mãe de estudante

publicado em 1 de abril de 2019 - Por BJD
Foto: Gerson Gomes / BJD

Em meio a várias noticiais ruins em escolas públicas nos últimos tempos, alunos da Escola Estadual Ministro Alcindo Bueno de Assis (EEMABA) realizaram um ato de amor ao próximo.

Eles se mobilizaram e conseguiram a doação de uma cadeira de rodas para a mãe de uma estudante da escola.

A entrega de uma cadeira de rodas e uma de banho aconteceu na tarde de quinta-feira, 28 de março, no auditório da escola. Segundo apurado pela reportagem, duas alunas, Samyra e Vitória, de 12 anos, sugeriam uma ação para recolher lacres de latas de alumínio, que poderiam trocar e comprar uma cadeira de rodas para alguém que necessitasse.

A ideia foi criando corpo e há algumas semanas, uma aluna, Adriele, percebeu que sua amiga Amanda não estava frequentando a escola e comentou com a professora Rute Toledo Gimenez, que foi apurar e descobriu que a mãe dessa aluna havia perdido os movimentos das pernas e a filha de 12 anos tinha que ficar em casa para ajudá-la.

Ao mesmo tempo em que as crianças juntavam lacres para a compra da cadeira, Adriele falou com a própria mãe, Daniela Dantas, que desenvolve um trabalho social no Jardim Águas Claras. Ela procurou o Rotary Club de Bragança Paulista Estância, e conseguiu a doação das cadeiras.

A diretora da escola, Andreia Chiovatto França, muito emocionada pela mobilização dos alunos, disse que a “escola não é simplesmente a formação acadêmica, mas do ser humano como protagonista”.

A mãe da aluna que recebeu a cadeira, Kelly Navarro de Souza, 42 anos, teve câncer nos ossos (condrossarcoma) e em 2012 fez uma operação e foi perdendo os movimentos das pernas.

Os alunos da escola continuam com a ação dos lacres e agora também promovem outra: a doação de cabelos para fazer perucas para portadores de câncer.

Foto: Gerson Gomes / BJD

 

Foto: Gerson Gomes / BJD